COMO AMAR A SI MESMO

Como Amar a Si Mesmo

Todos querem ser amados, mas a maioria das pessoas não sabe ou esquece que, para atrair amor, é essencial amar a si mesmo, vibrar amor e transmitir amor. Portanto, antes de publicar tópicos ensinando a atrair um grande amor ou o par ideal, vou mostrar os ensinamentos de Louise Hay para que você aprenda a amar a si mesmo (a).

Se não amar e respeitar a si mesmo (a), você será incapaz de amar os outros verdadeiramente. Alguns, talvez, digam que amar a si mesmo é vaidade, egoísmo e arrogância. Talvez seja por isso que este amor por si mesmo não é despertado e estimulado desde a infância. Pelo contrário, somos formados para atender o desejo alheio, a expectativa dos pais, as exigências dos professores, as ordens dos adultos. Lutamos desesperadamente para atender aos desejos dos outros achando que assim seremos amados por eles. E nesse esforço, perdemos de vista o milagre que cada um de nós é como centelha divina e esplêndida expressão da vida.

Somos extensão da Fonte de Energia, então, todos nós somos Deuses.

As atitudes de vaidade, egoísmo ou arrogância não revelam amor por si mesmo. Revelam insegurança, medo, necessidade de afirmação. Essas atitudes são disfarces, são escudos para ocultar as carências que incomodam e fazem sofrer. Pense nisso sempre que uma pessoa arrogante tentar intimidar ou diminuir você.

O amor é respeitoso, generoso, solidário e cheio de compaixão.

Quem ama a si mesmo entra em sintonia com o Universo no que ele tem de melhor e tudo flui em sua vida.

Como amamos um filho querido para que ele cresça e se desenvolva dentro de suas características próprias? Procurando conhecê-lo tal como ele é e não como gostaríamos que ele fosse; acolhendo suas necessidades e estimulando suas capacidades; ajundando-o a superar suas dificuldades e colocando limites para que ele se dê conta dos direitos dos outros; tendo para ele um olhar de amor que reconhece, respeita e valoriza; levando-o a descobrir a pessoa única e especial que ele é; levando-o a amar a si mesmo.

Por que, então, não fazemos o mesmo conosco? Somos adultos. Está na hora de cuidarmos de nós como faríamos com um filho querido. Está na hora de aprendermos a amar a nós mesmos.

Se me perguntassem como amar a si, eu responderia: “É muito simples: Perdoem a todos, perdoem a si mesmos e isso abrirá uma porta de entrada para um enorme fluxo de amor.”

Basta perdoar. Parece simples, mas é muito difícil. Então eu gostaria de ensinar algumas maneiras que descobri para aprendermos a nos amar melhor. E quero insistir carinhosamente para que você as pratique sempre porque as mudanças que elas podem proporcionar são impressionantes. Leia este texto com a mente e o coração aberto. Você não precisa aceitar tudo que eu afirmo. Talvez você não concorde com algumas coisas, talvez não tenha chegado o momento de assimilar algumas outras. Não faz mal. Tudo que você ler entrará no seu subconsciente e você usará na hora certa. Aproveite esta oportunidade.

Se você quer de fato se amar, comece refletindo e procurando praticar os passos que organizei para isso.

PRIMEIRO PASSO – NÃO CRITIQUE

Este primeiro passo é tão importante que, se você conseguir alcançá-lo, não terá que praticar nenhum dos outros, pois eles virão automaticamente.

Pare com toda crítica. Nunca diga: “Eu sou um (a) idiota. Olhe o erro que cometi. Veja a palavra que eu disse ou deixei de dizer. Como sou impulsivo (a). Quantos erros cometi com meus filhos.”

Não se trata de negar a realidade. Se a impulsividade, por exemplo, é uma característica sua e se ela prejudica você, procure administrá-la da melhor maneira possível para evitar que ela cause danos a você ou aos outros, mas não se critique.

Não vai ser fácil parar de criticar-se porque você faz isso há muitos anos, mas tudo na vida é um processo. Comece agora. Quando você se surpreender se acusando em pensamento ou em voz alta, pare imediatamente e diga alguma coisa positiva e verdadeira a seu respeito. Experimente fazer isso agora mesmo.

As críticas não transformam ninguém porque críticas são acusações que geram culpa e não uma ajuda amorosa que promove mudanças. Na maioria das vezes, as críticas não levam em conta quem nós somos e quais são nossas possibilidades reais.

Se as críticas não funcionam, vamos usar outra tática. Vamos partir de um ponto fundamental: Aceite-se como você é para, então, promover as mudanças que deseja. Quando você se aceita, é incrível como as mudanças se tornam mais fáceis.

Nosso poder está na escolha dos pensamentos que temos e das palavras que usamos porque nossos pensamentos contribuem para tudo o que fazemos na vida. É você quem escolhe os seus pensamentos. Se você fez um gesto impulsivo que feriu alguém, você tem duas escolhas – Pode acusar-se pensando: ‘’Que coisa errada eu fui fazer. Eu não tenho jeito mesmo.” Ou pode pensar: “Eu sou uma pessoa impulsiva e por isso fiz aquilo que ofendeu meu amigo. Preciso aprender com isso para não repetir. Vou pedir desculpas dizendo o quanto eu gosto dele, e que não desejo magoá-lo.”

 Você percebe a diferença entre os dois pensamentos? É fácil saber qual dos dois ajuda positivamente para uma mudança. Procure escolher sempre os pensamentos que alimentam, incentivam e dão apoio.

Se você realmente quer se amar, é essencial parar de se criticar agora e para sempre, definitivamente. Você é capaz de fazer isso. Você pode fazer isso. Diga, agora, em voz alta:

“Eu prometo me esforçar para deixar de me criticar. Eu prometo me esforçar para ter pensamentos positivos a meu respeito e a respeito dos outros.”

SEGUNDO PASSO – NÃO SE ASSUSTE

As pessoas que se amam e se tratam com carinho, não costumam meter medo em si mesmas.

Quer ver como você é capaz de se assustar? Aparece um caroço em suas costas e você logo pensa que é um câncer. Um amigo não sorri com a mesma simpatia de sempre e você fica pensando que o ofendeu de alguma forma e que ele não gosta mais de você. O patrão te chama em sua sala e, ao se encaminhar para lá, você treme imaginando que ele vai te demitir.

É claro que precisamos ser realistas e examinar o caroço nas costas, mas nós temos uma escolha. Se for realmente um câncer, será necessário tomar providências para curá-lo. Mas por que pensar logo que se trata do pior? Se alguém muito querido lhe dissesse que tem uma suspeita de câncer, o que você responderia? Provavelmente, você o tranqüilizaria pedindo para não ser pessimista e afirmando que deve se tratar de uma coisa sem importância. Por que não fazer o mesmo com você?

Frequentemente, as pessoas se deitam, à noite, remoendo os problemas e criando o pior cenário possível: O amigo de cara fechada vai romper com elas, o patrão vai demiti-las e elas nunca poderão entregar, no prazo, o trabalho encomendado. Mas todos esses pensamentos assustadores são construções delas.

Se você tem pensamentos negativos frequentemente, a melhor coisa a ser feita é substituir esses pensamentos por alguma coisa de que você realmente goste, que lhe dê um prazer especial. Pode ser um filme bonito e comovente, o pôr do sol, um jardim florido, o sorriso de uma criança, uma lembrança muito boa, uma coisa que você quer muito que aconteça… Escolha a imagem que você preferir. Toda vez que um pensamento negativo vier à sua mente, basta mudar esta imagem. Se você se empenhar em fazer isto, vai acabar eliminando o hábito de entregar-se à pensamentos assustadores. Mas é necessário praticar bastante porque estamos habituados a acolher afirmações negativas e repeti-las.

Ame-se o suficiente para deixar de se assustar. E por favor, pare com isso.

TERCEIRO PASSO – SEJA AMÁVEL, GENTIL E PACIENTE CONSIGO

Para explicar o que entendo por paciência, vou usar o exemplo do jardim. Um jardim começa com um pequeno pedaço de terra onde você joga sementes, rega, cuida e deixa os raios de sol agirem. No começo, parece que nada acontece, mas se você for paciente e continuar fazendo isso, o jardim irá crescer e florir.

Pense na sua vida ou na sua mente como um jardim. De que tipo de jardim você gosta? O que você quer que aconteça na sua vida? Quais são as sementes que você precisa plantar para que essas coisas aconteçam? Pense nisso por alguns instantes.

Agora, escolha os pensamentos que vão contribuir para a criação do jardim de experiências que você deseja.

Se você plantar esses pensamentos no solo fértil do seu subconsciente, eles se nutrirão e poderão crescer. Se você cuidar bem deles, um dia irá descobrir as mudanças que conquistou. Elas serão uma colheita maravilhosa daquilo que você quer.

Talvez você ache o que o que estou dizendo seja meio simplista. Isto é natural porque as pessoas costumam resistir à mudança. Elas preferem se acomodar em uma situação conhecida, mesmo que ela cause infelicidade.

Cuidar de um jardim significa observar às ervas daninhas. Elas são como os velhos pensamentos negativos. Arranque-as fora o mais rápido possível! Afaste os pensamentos negativos assim que eles aparecerem!

Trate-se com a mesma gentiliza e carinho com que você trataria uma pessoa muito querida ou uma criança pequena.

Tenha paciência para esperar que os resultados apareçam, mesmo sabendo que vão ocorrer erros durante o processo. (Lembre-se do que foi dito no tópico Como Ter Um Ano Novo Diferente e Muito Melhor: Para o carvão se transformar em diamante, é preciso resistir ao tempo e à pressão).

Aceite os erros com tranqüilidade e retome o caminho.

Alegre-se por qualquer avanço, por menor que seja. Tudo de que você precisa é um pouco de prática e tempo. Só isso! Você sabe que não vai fazer tudo em um dia. Você não vai se amar completamente em um dia, mas você pode se amar um pouco mais a cada dia, até perceber, em 2 ou 3 meses, que está se amando mais do que pensava. E tudo que você fez foi praticar um pouco, todos os dias. É incrível a mudança que este pequeno esforço é capaz de produzir. Você pode acordar, de manhã, e dizer: ‘’Hoje, eu quero me amar um pouco mais do que me amei ontem.” Se você fizer esta afirmação, o Universo a acolherá e você descobrirá formas de realizar isto. Diga isso em voz alta agora mesmo. Repita, no mínimo, mais 2 vezes.

QUARTO PASSO – PENSE A SEU RESPEITO COM BONDADE

A pessoa que não gosta dela mesma tem pensamentos negativos a seu próprio respeito. Geralmente, isso acontece porque esta pessoa não foi olhada com amor, na infância, não se sentiu valorizada ou tem um nível de exigência tão grande que nenhum desempenho é capaz de satisfazê-la.

Se o que faz a pessoa não gostar de si mesma são os pensamentos negativos, é preciso mudar esses pensamentos. Todos nós temos direito ao amor. Assim como temos direito de respirar simplesmente porque existimos, temos direito ao amor simplesmente porque existimos.

A pessoa que, na infância, não recebeu amor dos que a cercavam ou teve amor condicionado a determinado comportamento, é capaz de crescer desconhecendo que tem direito ao amor e, por isso, desenvolve pensamentos negativos sobre si mesma. Quando dizemos a uma criança que ela é feia, má ou insuportável, estamos contribuindo para que ela tenha pensamentos negativos à respeito de si mesma. Fazemos a mesma coisa conosco mesmos.

É claro que todos nós somos capazes de ter pensamentos negativos que podemos superar e reparar. Todos nós somos lindos, bons e amáveis simplesmente por existirmos. É preciso fazer disso uma verdade para nós.

Todo pensamento que temos e toda palavra que dizemos são uma afirmação. Pense nas afirmações que você faz e verifique como, frequentemente, elas são negativas. Você já sabe que uma afirmação negativa influencia nossas experiências e nosso futuro. Uma pessoa que repete para si mesmo que é feia, má, insuportável, burra ou usa qualquer outro adjetivo depreciativo, provavelmente, vai relacionar-se com os outros com desconfiança e agressividade, e vai receber de volta uma atitude hostil. Mas quando fazemos afirmações positivas a nosso respeito, abrimos espaço para que as energias do Universo fluam através de nós. Fazer afirmações positivas a seu respeito é uma das melhores formas de tratar-se com bondade porque estas afirmações têm o poder de nos levantar ao invés de nos derrubar. Pensar bem a seu respeito é um ato de bondade que rende imensos dividendos para você. Mais uma vez, vai ser preciso um esforço e uma prática persistentes para mudar seus pensamentos negativos. Pode ser que, inicialmente, você ache ridículo, falso ou pretensioso fazer afirmações positivas a seu respeito, mas não se importe. Insista! Você vai constatar, feliz, as mudanças que vão acontecer.

QUINTO PASSO – RELAXE

Bastam um ou dois minutos por dia, para começar.

Feche os olhos, respire fundo duas ou três vezes. Procure ir relaxando todo o corpo e liberando todas as tensões que você está carregando. Você vai se sentir tão bem que passará a repetir este relaxamento muitas vezes. É uma forma excelente de se amar porque você estará se dando uma coisa especialmente boa. O relaxamento é essencial para o processo corretivo. É difícil permitir que as energias curativas fluam dentro de nós, se estamos tensos, contraídos e acelerados. Siga as instruções a seguir e pratique este exercício:

Feche os olhos e inspire profundamente. Agora, expire e se solte, solte seu corpo. Repita este exercício inspirando bem fundo e, ao expirar, mande embora todo o medo e toda a tensão. Repita este exercício inspirando profundamente e, ao expirar, tome consciência de si e afirme silenciosamente: “Eu te amo. Está tudo bem.”

Perceba como seu corpo ficou mais leve. Você não levou nem dois minutos. Ao fazer isto, você está dizendo ao seu corpo: “Está tudo bem. Você não tem que passar a vida tenso e assustado. Você pode relaxar e, ao mesmo tempo, cuidar de tudo que precisa ser cuidado.”

Repita este relaxamento várias vezes por dia. Você vai ficar feliz com o resultado.

SEXTO PASSO – MEDITE E VISUALIZE

Outro gesto de amor por você mesmo (a) é meditar. O tópico Meditação, explica para que serve e quais são os benefícios da meditação. Talvez você tenha lido este tópico, mas tenha sentido certa resistência em praticá-la. A meditação vai muito é um processo muito antigo que parte do princípio de que todos nós temos uma imensa sabedoria em nosso interior. Como foi dito no tópico Encontre Respostas e Adquira Sabedoria, dentro de nós estão todas as respostas para as nossas perguntas. Infelizmente, a maior parte do tempo, estamos tão ocupados correndo para atender às solicitações externas que esquecemos de parar e concentrar o suficiente para nos escutar. Quer experimentar para ver como é simples? Clique Aqui.

Eu gosto de fazer perguntas quando estou meditando. Você pode perguntar sobre algo específico ou simplesmente perguntar o que é que você precisa saber. Depois, espere. Pode ter certeza de que a resposta sempre vem, mesmo que leve algum tempo. E ela pode vir de várias formas: Como uma intuição, um pensamento, uma palavra que se ouve ou que se lê. Experimente fazer isso!

A visualização também é muito importante. Visualizar é criar uma imagem mental do que você deseja, como se aquilo já existisse. O tópico O Segredo Sem Segredos mostra 4 tipos de visualização e ensina 2 estratégias para o uso da visualização.

Louise Hay conta que, quando teve câncer, ela costumava visualizar uma água fresca e límpida fluindo através de seu corpo, lavando as células doentes e seu corpo respondendo e se tornando cada vez mais forte e saudável. Isso ajudou muito na sua cura.

É importante fazer sempre visualizações positivas. Qualquer pessoa é capaz de visualizar. Agora, pare e pense em alguma coisa que você deseja. Pode ser qualquer coisa: um relacionamento amoroso, a cura de uma doença, uma casa, uma promoção no trabalho… O que você quiser. Veja se você consegue visualizar a situação que você deseja. Então, faça uma afirmação positiva. Por exemplo: “Eu tenho a casa com eu sonhei. Eu estou com a pessoa que amo. Eu sou muito saudável.” E assim por diante. O Universo acolhe o seu desejo visualizado e responde com aquilo que for para o seu bem.

SÉTIMO PASSO – ELOGIE-SE

Por favor, elogie-se o mais que puder. O elogio levanta a autoestima. Diga como você faz bem aquilo que faz. Valorize suas conquistas e seus avanços, alegre-se com eles.

Provavelmente, você conhece pessoas que parecem ter um compromisso com a infelicidade. Elas se recusam a fazer qualquer esforço para criar uma vida melhor porque elas não se sentem merecedoras. Se for este o seu caso, comece a investir para mudar a situação. Ame-se e não dependa de ninguém para dizer se você merece ou não as coisas boas da vida. Você não é mais uma criança que precisa de um adulto para alimentá-la. Você é capaz de buscar seu próprio alimento.

Vou fazer algumas perguntas para ajudar em sua reflexão. Procure respondê-las o mais espontaneamente possível. Estas perguntas vão ajudar no caminho para gostar mais de si.

O que você sente que merece?

Você merece amor e aproveita tudo que a vida lhe oferece de bom?

Por que?

Ou você pensa que não merece nada?

Qual é a razão deste pensamento?

Você quer se livrar dele?

Quer colocar outro pensamento no lugar?

Qual é o pensamento que você quer colocar no lugar deste?

Lembre-se: Os pensamentos podem ser mudados.

O que é que você quer, mas não está conseguindo?

Reflita sobre isso. Procure descobrir claramente o que você deseja.

O que era preciso fazer para receber amor, na sua infância?

Qual foi a mensagem que seus pais lhe passaram?

Seus pais achavam que você merecia coisas boas ou tinha sempre que ser o primeiro lugar na escola para merecê-las?

O que acontecia quando você fazia uma coisa que eles achavam errada?

O que você acha de si mesmo (a)?

Você realmente sente que merece se amar?

Se não sente, qual é a razão?

É porque não alcançou um sucesso na vida? Não ganhou bastante dinheiro? Nunca teve uma projeção especial? Não atingiu a perfeição com que sonhava?

O que faria de você uma pessoa realmente merecedora de amor?

Qual é o sentido da sua vida? Você tem consciência dele?

Você sabe que está aqui neste mundo por um motivo e este motivo não pode ser ter um carro novo todo ano, ganhar concursos de beleza ou sair nas colunas sociais?

Todos nós estamos aqui para desenvolver o amor. É este o seu objetivo?

O que é que você se dispõe a fazer para alcançar seu objetivo maior?

Você se dispõe a fazer afirmações positivas?

E visualizações?

Se for preciso, você buscará uma terapia?

Você deseja abandonar os ressentimentos e perdoar as pessoas?

Pretende fazer relaxamento e meditação?

O que é que você se dispõe a fazer para mudar sua vida?

OITAVO PASSO – PEÇA AJUDA

Amar-se é sempre buscar apoio. Não tenha medo de pedir ajuda aos amigos. Se a ajuda dos amigos não for suficiente, procure um grupo de apoio, procure uma terapia. A única coisa que você não pode fazer é isolar-se ou achar que resolve as coisas por si. Desta forma, você não está se amando.

Outra iniciativa interessante que você pode tomar é formar seu próprio grupo de apoio. Você pode ficar surpreso (a) e aliviado (a) ao reunir-se com outras pessoase descobrir que elas têm os mesmos problemas. O grupo pode ir aumentando, vocês podem chamar psicólogos para dar assistência, suas famílias podem se juntar ao grupo e todos serão beneficiados.

NONO PASSO – TENHA CARINHO COM O NEGATIVO

Se esta sugestão lhe parece estranha, é importante entender que o que eu chamo de negativo são todas as características e hábitos que você adquiriu e que comprometem sua felicidade, causa prejuízo aos outros e impedem sua realização no amor. Você conviveu com estas características e hábitos durante muito tempo, mas agora quer mudar. Para ficar mais claro, eu vou dar um exemplo:

Na infância, seus pais não lhe deram amor e, para se defender do sofrimento, você negou sua necessidade de amor e tornou-se uma pessoa fechada, fria, aparentemente insensível e incapaz de ligar-se afetivamente a alguém. Durante muito tempo, você se sentiu confortável nesta situação porque ela lhe tornava invulnerável a qualquer rejeição. Não eram os outros que rejeitavam. Era você quem rejeitava. Mas com o tempo, você foi sentindo uma profunda carência, foi desejando estabelecer relacionamentos mais profundos. Você quis mudar. A mudança não é fácil, mas você resolveu abandonar os velhos padrões e construir um novo comportamento.

Lembre-se do que já afirmei: Seu comportamento constrói o seu futuro. Se você ficar se acusando pelo seu comportamento anterior, se pensar nele com ódio, vai ficar mais difícil abandoná-lo.

Gosto sempre da imagem da criança que, para ser ajudada em seu progresso, precisa ser acolhida e estimulada amorosamente. O mesmo acontece conosco. Se você procurar desapegar-se dos velhos padrões de comportamento com amor, terá muito mais facilidade em substitui-los por novos padrões positivos. Use o amor para se libertar de um velho padrão de comportamento que só causa dor. Desta forma, vai se abrir um espaço para os novos padrões positivos que você deseja e a mudança se dará suavemente. Afinal, se você está querendo ter um comportamento mais amoroso, deve usar uma atitude mais amorosa para fazê-lo.

Quando você se der conta de que está tomando uma atitude negativa, diga para si: “Eu quero me libertar do padrão que produz esta atitude ou este comportamento negativo.” Diga com firmeza e carinho, como você diria a um filho querido.

Você também pode fazer uma afirmação positiva: “Eu realmente mereço somente coisas boas na minha vida. Eu permito que as energias e os poderes curativos do Universo fluam através de mim, mudando minha vida para melhor.” Como eu já disse, nossos pensamentos e palavras são muito poderosos.

Lembre-se sempre: Por pior que seja a atitude ou o comportamento negativo, se você está a procura de mudança, você está fazendo o melhor que pode. E tenha certeza de que vai avançar.

O humor é outra ferramenta poderosa que contribui para a cura. Às vezes, nós nos empenhamos tanto na mudança que a vida fica pesada. Procure rir e divertir-se. Isso vai ajudar na sua transformação e fará de você uma pessoa mais leve e agradável, tanto para você quanto para os outros.

DÉCIMO PASSO – CUIDE DE SEU CORPO

Seu corpo é a casa onde você mora. Ao nascer, você se mudou para esta casa e, somente quando deixar este mundo, você se mudará dela. Ame e cuide desta casa onde você mora. Descubra o que você gosta de fazer para que seu corpo seja o mais saudável, flexível e ágil possível, para que seja uma casa onde você tenha prazer de morar. Não pratique atividades que causem sofrimento porque se você se fizer sofrer, não vai se amar. Se você não gostar de correr, ande! Faça caminhadas, de preferência em um lugar bonito para os seus olhos. Se achar que aeróbica é muito monótono e desgastante, faça hidroginástica ou dança. Se não gosta de freqüentar academia, pedale ou dê uma caminhada no parque ou na orla marítima. Procure uma atividade que lhe dê prazer e contribua para a saúde do seu corpo.

Preste muita atenção no que você põe para dentro do seu corpo. Beba muita água e cuide da sua alimentação. O tópico As Coisas Mais Saudáveis Que Você Pode Fazer mostra os principais cuidados que você deve ter com o seu corpo. Uma alimentação saudável é um combustível importante para o nosso corpo. Ela cria novas células e nos dá energia. Existem vários livros sobre isso. Procure conhecê-los ou busque a orientação de um bom nutricionista. Em nossa página de  produtos, você pode adquirir o mp3 Consiga Saúde, Boa Forma e Rejuvenescimento, um excelente áudio que vai lhe ajudar a alcançar e manter a saúde do seu corpo e a aparência física ideal. Tudo que você precisa fazer é ouvir todos os dias, durante 30 dias, utilizando fones de ouvido. Todo o seu organismo vai agradecer por isso. E os benefícios serão tanto físicos quanto emocionais. Aprender sobre nutrição e alimentar-se saudavelmente é um ato de amor por si.

As terapias alternativas geram resultados positivos. Procure a que for melhor para você, a que lhe der mais prazer.

Cuidar de seu corpo é um ato de amor por si mesmo (a).

DÉCIMO PRIMEIRO PASSO – FAÇA O EXERCÍCIO DO ESPELHO

Tenho visto muitas pessoas mudarem suas vidas fazendo este exercício.

Olhe no espelho e diga: “Eu te amo. Eu te amo de verdade.”

Repita esta frase quantas vezes forem necessárias. Faça isso diariamente.

Talvez seja difícil começar este exercício. Inicialmente, você pode achar que esta afirmação não é verdadeira. Talvez ela soe estranha, ridícula ou você sinta vergonha de olhar no espelho afirmando que se ama, mas tente. Se tiver coragem e persistência e fizer esta afirmação toda vez que olhar no espelho, você verá como a sua energia interior começará a mudar. Aos poucos, você irá se libertar dos pensamentos destrutivos e irá se aceitando mais. Amar-se passará a ser muito mais fácil.

Há muitas maneiras de praticar o exercício do espelho.

A primeira coisa que você deve fazer, de manhã, é olhar-se no espelho e dizer: “Eu te amo! O que eu posso fazer, hoje, para tornar você feliz?”

Alguma vez você já se perguntou isso de manhã, logo depois de acordar?

Preste atenção na resposta que lhe vem à cabeça. Pode ser que, no início, não venha resposta alguma porque você não tem o hábito de tratar-se com carinho e cuidado, mas insista e você verá que, aos poucos, as respostas começarão a aparecer.

Quando alguma coisa desagradável acontecer com você, corra imediatamente para o espelho e diga: “Eu te amo. Eu te amo de qualquer jeito!”

Fazendo esta afirmação, você irá perceber que os acontecimentos vêm e vão, mas o amor que você sente por si é constante, e é a coisa mais importante da sua vida.

Quando acontecer alguma coisa boa, corra para o espelho e agradeça com alegria. Recompense-se por ter criado algo maravilhoso.

Você também pode se perdoar fazendo o exercício do espelho. Olhe dentro dos seus olhos e diga: “Eu te perdôo. Eu te perdôo. Eu te perdôo. Eu te perdôo por ter se prendido a estes padrões negativos por tanto tempo. Eu te perdôo por não se amar. Eu te perdôo por qualquer coisa.”

Nós somos muito críticos e implacáveis conosco mesmos. Nós nos acusamos até por pequenos erros. Nós nos julgamos e condenamos sem nos darmos conta de que a falha é humana, pode ser reparada e serve para nossa aprendizagem. Podemos usar o perdão diariamente.

Você pode olhar no espelho e dizer: “Eu estou perdoado (a). Eu perdoo você e estou perdoado (a).”

Você pode também, conversar com outras pessoas, no espelho. Diga a elas, olhando no espelho, o que não tem coragem de dizer pessoalmente. Você pode resolver velhas pendências, pode perdoá-las, pode pedir amor e aprovação. É uma boa maneira maravilhosa de conversar com seus familiares, com seus amigos, com seu patrão… Com quem você quiser. Você pode dizer tudo que teria dificuldade de falar pessoalmente.

O que todos nós sempre queremos é receber amor e aprovação. A vida é um vai e vem permanente. Aquilo que damos, de nagativo ou positivo, volta para nós. E quanto mais damos, mais recebemos. No tópico O Tempo Certo Para Realizar Seus Sonhos, nós mencionamos as Leis Universais. A Lei da Causa e Efeito é uma Lei Universal que estabelece que toda ação tem uma reação ou conseqüência e que nós plantamos aquilo que colhemos. A Lei da Compensação é a Lei Universal que estabelece que os efeitos visíveis de nossas ações nos são dados em presentes, dinheiro, heranças, amizades e bênçãos. Você Atrai Aquilo Que Transmite. Se você não gosta do que está recebendo, mude o que está transmitindo. Por isso as afirmações no espelho são tão eficientes, porque elas voltam para nós.

Se, ao dizer “Eu te amo” para você mesmo (a), no espelho, você ouvir uma resposta negativa do tipo “Ama coisa nenhuma!”, saiba que quem diz isso é o seu antigo lado perverso, que conspira contra você. Não lhe dê importância. Livre-se dele. Trate-se com amor. E, ao menos uma vez por dia, olhe dentro dos seus olhos e diga: “Eu te amo. Eu te amo de verdade.” Sempre repita as frases, no mínimo, mais 2 vezes.

Faça isso agora mesmo. Não espere até perder peso ou ficar bem ou arranjar um novo emprego ou começar um relacionamento. Faça agora! E faça o melhor que puder, mesmo que ache ridículo, mesmo que sinta certo constrangimento. Eu garanto que vai funcionar. Comece agora.

Se estiver vivendo um momento de insatisfação, talvez você pense: “Eu vou me amar quando perder peso, quando conseguir um novo emprego ou quando eu tiver um novo relacionamento.”

Acredite: Você até pode perder peso, conseguir um novo emprego ou começar um novo relacionamento, mas se não se amar, nada disso vai trazer a felicidade que você procura porque o importante é se amar em qualquer circunstância. Quando você não se ama, as coisas boas que acontecem satisfazem temporariamente, mas não encontram espaço dentro de você. Mas quando você se ama, é capaz de atrair as coisas boas e aproveitá-las plenamente. Você realmente terá uma vida maravilhosa! Então, não espere.

A coisa mais importante é querer. “Eu quero me amar, quero fazer minha vida mudar.” Neste momento, você pode não saber exatamente como. Então, comece a repetir várias vezes: “Eu quero aprender a me amar.” Diga isso em voz alta, neste momento.

Acredite: O Universo acolherá o seu desejo porque ele sempre diz sim. Seu subconsciente sempre diz sim. E você começará a obter respostas positivas.

À medida que for aprendendo a se amar e a se aceitar exatamente como é, você será cada vez mais capaz de amar e aceitar outras pessoas. Haverá uma grande felicidade nesta troca de amor.

Ame-se o suficiente para não deixar que pessoas pessimistas e auto-destrutivas exerçam sobre você uma influência negativa. Proteja-se dessas pessoas e, se for necessário, afaste-se delas.

Quando nos deixamos envolver num relacionamento negativo que nos deprime e nos desvaloriza, é como se disséssemos: “Eu não mereço receber um amor verdadeiro. Por isso me conformo em ficar aqui e aceitar esta situação, já que ninguém mais vai me querer.”

Por favor, não faça isso. Saia correndo desta relação! O amor é um direito tão fundamental quanto a respiração. Não aceite uma situação de menos amor porque assim você nunca conseguirá se amar. E somente amando a si que você consegue receber amor dos outros.

A maneira mais rápida de resolvermos qualquer problema em nossas vidas é nos amarmos como somos. Quando isso acontece, as vibrações que emanamos são diferentes e as pessoas também começam a agir de maneira diferente em relação a nós.

Pergunte-se novamente: “Eu realmente quero me amar?”

Você sabe que veio a este mundo com um propósito. Você veio para expandir a consciência. Crescer espiritualmente e expressar seu amor de forma ampla e profunda faz parte do plano de expansão. Quando deixar este plano material, você não levará seu dinheiro, seu sucesso profissional ou os bens materiais que conquistou, mas levará consigo a sua capacidade de amar. Então, invista nisto, em busca da sua paz interior e da paz entre os habitantes deste mundo.

O que você deseja? Eu sei que você quer amar a si e as outras pessoas. Você quer muito se libertar dos seus antigos padrões e pensamentos negativos. Para isto, procure seguir estas sugestões. Pratique o amor incondicional e gratuito o máximo possível porque isso mudará imensamente a sua vida. Faça tudo o que puder para ser feliz e trazer alegria à sua vida. Recuse situações de infelicidade. Usufrua os pequenos milagres que cada dia lhe oferece. Leia muitas vezes este texto e deixe tudo que eu digo fluir pela sua mente e pelo seu corpo.

Agora, vamos deixar que tudo se aquiete. Você não tem que aceitar tudo o que eu disse, mas tenha certeza de que é capaz de crescer sempre, de superar seus padrões negativos e de se amar cada vez mais.

Todos nós temos direito ao amor, a uma vida feliz e saudável e a prosperidade. Veja-se com muito amor ao seu redor. Veja-se feliz e saudável, vivendo em plenitude. Veja-se como gostaria que sua vida fosse. Saiba que você tem direito ao amor e a felicidade.

Sempre que puder, crie uma visualização, uma imagem mental da vida que você deseja. E então, pegue o amor do fundo do seu coração e deixe esse amor começar a fluir, preenchendo seu corpo e saindo de você. Veja o amor saindo de você e envolvendo sua família, seus amigos e todos aqueles a quem você quer bem. Mande-lhes pensamentos reconfortantes, cerque-os com amor e apoio, e deseje-lhes o bem.

Agora, estenda este amor para os seus vizinhos, para as pessoas da sua rua, do seu bairro, da sua cidade, do seu estado, do seu país, do seu continente, até abraçar todo o mundo com amor. Envolva aqueles que você ama com energias curativas, amor, paz e luz. Sinta o amor circulando. Ele sai de você e volta multiplicado.

A forma mais poderosa de cura é o amor. Deixe-o circular várias e várias vezes. Deixe este amor lavar todo seu corpo e continuar se movimentando. Você está num lindo círculo de amor. Você pode levar esse amor para o mundo com você e dividi-lo com qualquer om que encontrar. Não precisa dizer nada. Expresse e envie o amor silenciosamente.

Ame-se, ame o seu próximo, ame o planeta e saiba que somos todos um só.

Como explicamos no tópico O Tempo Certo Para Realizar Seus Sonhos, A Lei da Unidade é uma Lei Universal que estabelece que vivemos em um mundo onde tudo está ligado a todo o resto. Tudo o que pensamos, sentimos e acreditamos afeta os outros do Universo que nos rodeia.

Fique em paz.

Texto – Gizeli Ribeiro

Créditos – Louise Hay

Ajude a manter este Blog depositando qualquer valor na Caixa Econômica Federal, Agência 0224, Conta 01300199851-0, Operação 013. Desde já, agradecemos o seu apoio.

Mando-te Boas Vibrações!

LOGOTIPO 002

2 comentários em “Como Amar a Si Mesmo

    • Olá, Cicero!
      Cada um dá aquilo que tem. Quem não tem amor nem por si mesmo, não tem para dar aos outros. Pode ter outros sentimentos e chamar de amor, mas não será amor puro, verdadeiro, não será amor incondicional.
      Um abraço cheio de boas energias!

      Curtir

Comente

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s