Presente Para Você

Temos um presente para você substituir suas velhas crenças limitantes e negativas por novas crenças libertadoras e positivas, ajustar sua vibração, desbloquear a conexão com a Fonte de Energia que leva tudo o que você deseja até você, harmonizar-se com o Universo, entrar em sintonia com os seus desejos e começar o ano novo atraindo o que deseja de forma mais simples e rápida. Assista o vídeo abaixo:

Mando-te Boas Vibrações!

LOGOTIPO 002

Anúncios

Como Lidar Com O Pensamento Negativo

Primeiramente, quero esclarecer que o pensamento negativo não surge do nada, sempre existe um gatilho e é bom descobrir qual é este gatilho que desencadeia os pensamentos de teor negativo que provocam sentimentos, emoções e vibrações ruins.

Frequentemente, você recebe estímulos. Estes estímulos podem ser coisas que você ouve, podem ser cenas que vê, podem ser aromas que você sente ou qualquer coisa que seja aprendida pelos cinco sentidos. Estes estímulos atingem uma região do cérebro chamada amídala cerebral.

A amídala faz parte do sistema límbico, que é uma estrutura cerebral que foi desenvolvida ao longo dos milênios e está intimamente relacionada com as nossas emoções.

A partir do momento em que as amídalas cerebrais recebem estes estímulos através dos cinco sentidos, ela começa a buscar, nos registros do cérebro, referências em relação aos estímulos que ela está recebendo. É aí que entra o seu sistema de crenças, as suas famosas inimigas: as crenças limitantes.

Pesquisas mostram que crianças que cresceram em lares desestruturados têm tendências a terem respostas muito mais negativas em relação às coisas do que crianças que cresceram em lares harmoniosos. Isto acontece porqueas amídalas cerebrais buscam referências em relação aos estímulos que elas recebem dos cinco sentidos e as referências vêm do sistema de crenças. Este banco de dados onde as amídalas cerebrais buscam referências tem muitos elementos negativos. As amídalas cerebrais ficam procurando referências justamente no sistema de crenças, que geralmente tem é composto de crenças limitantes, crenças que vão contra a coisas de teor positivo.

Talvez esta tendência do ser humano a seguir mais às influências negativas tenha origem em um mecanismo evolutivo de proteção que consiste em buscar os exemplos negativos para não repetir as experiências desagradáveis.

Mas o fato é que se você tem mais experiências desagradáveis do que agradáveis, se você tem um componente depressivo, se você é mais pessimista do que otimista, você vai buscar e encontrar uma lembrança negativa. Desde o momento em que esta voz interna (a crença limitante) é ativada, ela vai te dizer que isto é ruim, que isto não vai dar certo e, em sua mente, é projetado um filme daquilo dando errado. Esta imagem de tudo dando errado provoca em você uma emoção negativa, um sentimento ruim que causa uma alteração vibracional em seu campo energético, e esta alteração em seu campo eletromagnético vai atrair pessoas, coisas ou situações que têm a mesma vibração energética negativa.

Como interromper este processo?

Antes de mostrar as estratégias, quero alertar que, quando você tem um pensamento negativo, a última coisa que você deve fazer é tentar não pensar no que está pensando, pois se você fizer isso, aí mesmo é que você vai pensar mais ainda. Vou dar um exemplo:

Não pense no céu azul com nuvens brancas!

Quando eu disse isso, o que você pensou?

Inevitavelmente, você pensou no céu azul com nuvens brancas porque o cérebro não reconhece o NÃO.

A partir do momento em que você tenta não ter um pensamento negativo, você está vibrando energeticamente, em seu campo eletromagnético, exatamente este pensamento. Então, a saída não é lutar contra o pensamento negativo, mas sim substituir esta vibração negativa por uma vibração positiva.

Se você está se sentindo aprisionado (a) pelos pensamentos negativos, vou mostrar algumas estratégias para que você possa se livrar desta tormenta:

1) Conexão com o Aqui e o Agora

Quando surge um pensamento negativo, você se identifica com ele, começa a acreditar que aquela imagem é real e se perde em um ciclo de pensamentos negativos, então, assim que vier um pensamento negativo, grite um NÃO bem firme. Não precisa ser em voz alta, pode gritar apenas internamente, apenas mentalmente. Interrompa este ciclo de pensamentos.

Respire profundamente, concentre-se em sua respiração, sinta a sua respiração, perceba os seus pulmões se enchendo de ar. Quando você fica ansioso (a), você tende a superficializar a sua respiração e esta falta de oxigenação induz a um estado de ansiedade ainda mais exacerbado. Então, quando surgir um pensamento negativo, pare, respire fundo e observe, olhe à sua volta, perceba onde você está, conecte-se com o seu momento atual porque a tendência é você acreditar que o filme que está passando em sua cabeça é real, mas não é.

Observe o que está acontecendo aqui e agora. O que está acontecendo de errado? Absolutamente nada! Sinta o calor do sol em sua pele, sinta o vento soprando em seus pêlos, ouça o som do ambiente, do cachorro latindo, do pássaro cantando, das crianças brincando, da música tocando ao fundo, dos carros passando na rua, da máquina… Ouça o som de tudo que está acontecendo aqui e agora, ouça o som da vida seguindo o seu curso e congratule-se. Perceba que você conseguiu interromper o ciclo e congratule-se, mesmo que não tenha sido uma super interrupção.

Talvez você volte a pensar no assunto. A idéia não é lutar contra o pensamento, mas sim reconectar-se com o Aqui e o Agora porque aquela imagem que você projetou em sua cabeça não é real. Lembre-se que a solução não é lutar contra o pensamento negativo, mas sim substituir a vibração negativa pela vibração positiva.

2) Alavancas

O pensamento gera uma imagem que provoca um sentimento que gera uma vibração energética, então, siga o seu contentamento. Faça qualquer coisa que faça com que você se sinta bem. Pode ser ligar para um amigo para jogar conversa fora, pode ser tomar um sorvete na padaria da esquina, pode ser cuidar das plantas, desenhar, jogar bola, escrever, caminhar no parque, pintar, nadar, ler, dançar…

Aliás, dançar é uma forma incrível de se reconectar à sua própria energia, de se conectar com o aqui e o agora. Dançar faz com que você libere a energia do seu corpo. Quando você tem pensamentos negativos, é como se você tivesse um pote na altura do seu pescoço e você vive dentro da sua cabeça, mas quando você dança, você traz uma energia de polaridade diferente para o seu corpo. A mente tem uma polaridade mais etérea e o corpo tem uma polaridade mais material e quando você dança, você se sente dentro do seu corpo e altera a polaridade daquilo que você está vibrando. Dance, não importa como, não importa com quem, não importa onde, não importa quando.  

Descubra quais são as alavancas que mobilizam sua atenção para o que você deseja, descubra as coisas que te elevam, que te deixam mais determinado (a) a agir, as alavancas que geram atitudes de mudança em sua vida, que te centrem no aqui e no agora. Porque o fato é que o que existe é o aqui e o agora.

Ouvir uma música que te inspire, que seja como seu hino da vitória, é uma excelente alavanca. Eu costumo ouvir Journey – Don’t Stop Believin’, DJ Meme – Sun Is Coming Out, Pharrell Williams – Happy, Nico & Vinz – Am I Wrong e Titãs – Enquanto Houver Sol. São músicas que me tocam profundamente e é praticamente impossível ouvi-las sem que elas me alavanquem, sem que elas me puxem para cima e me joguem para uma posição mais otimista, me façam acreditar que eu posso, que há coisas mais legais para acontecer na minha vida, que certamente elas vão acontecer e que eu mereço que elas aconteçam. Assim eu consigo focar novamente em meu objetivo.

Às vezes, a alavanca é um objeto, um cristal, um sinal, um gesto, uma frase, um mantra… Qualquer coisa que faça você sair daquele estado negativo para uma motivação, para um estado de poder e conseguir.

Outro exemplo:

Você quer comprar um carro novo.

Qual a alavanca que vai te fazer sair do pensamento negativo de que o seu patrão não vai te dar um aumento e você não vai conseguir comprar o seu carro? Qual a alavanca que vai te fazer acreditar que você vai conseguir comprar o seu carro novo?

Pensar que o seu patrão vai ver que você é um (a) profissional dedicado (a), que você se empenha, que você faz muito mais do que ele pede, que você está sempre à frente, trazendo novidades, agindo para que a empresa cresça e melhore, que consiga mais clientes. Pensar nisso vai fazer com que você sinta, neste momento, como se já tivesse recebido o aumento, isto vai te motivar a ser um (a) profissional melhor e vai fazer com que você realize a compra do seu carro novo.

3) Autocontrole

Você deve ter inteligência emocional, saber perceber a situação fora da emoção, ou seja, não se deixar levar por uma emoção. Evite discussões com familiares, picuinha com o vizinho, rixa com colegas de trabalho, briga de trânsito e etc. Não deixa para amanhã o que você pode deixar para lá.

Peça desculpas, agradeça, deseje um bom dia, dê o seu melhor sorriso, dê preferência no trânsito. Gentileza gera gentileza.

Por que a gentileza também gera autocontrole?

Raciocine comigo:

Se você fica alimentando pensamentos negativos, você não consegue realizar coisas positivas. Seus pensamentos negativos nunca construíram nada de bom para você, nunca levaram você a realizar seus sonhos e jamais melhoraram a sua vida em nada porque para realizar um sonho, você precisa acreditar que pode. É neste momento que entra o autocontrole: Na hora em que você começar a ficar pessimista, ouça uma música que faça seu coração cantar, aprecie a natureza… Procure fazer algo que faça com que você se sinta bem. Mude o foco. Isto é ter inteligência emocional.

O primeiro passo para o autocontrole é perceber uma emoção imediatamente e travá-la.

Se você começar a lembrar de momentos tristes, você vai ficar para baixo. Se você assiste a um filme muito triste ou ouve uma música muito triste, você chega a chorar. Mas se você lembra, assiste ou ouve uma coisa engraçada, você começa a rir até mesmo sozinho (a) porque isto provoca uma alegria dentro de você. E como é bom se sentir feliz, saber que está vivo (a), que tem sonhos a realizar…

Então, assim que nascer um pequenino pensamento negativo, não o alimente. Lembre que você tem um sonho. Pense nele. Imagine que você está o realizando neste momento. Visualize-se realizando seu sonho.

4) Gratidão

Cultive a gratidão. Quando você é grato (a) por tudo aquilo que você tem em sua vida, isto cria um sentimento diferente, uma emoção positiva e você, automaticamente, interrompe o padrão do pensamento negativo.

Mas o que fazer para cultivar a gratidão?

Faça uma lista de, no mínimo, 15 coisas pelas quais você se sente grato (a) em sua vida. Você pode ser grato (a) por ter uma família maravilhosa, por ter excelentes amigos, por ter alguma habilidade, por viver em uma era tecnológica avançada que oferece várias oportunidades, por ter água potável para matar a sede, por ter condições de se alimentar, por ter um abrigo, por poder ver, ouvir, falar ou andar, por ser livre, ou simplesmente por estar vivo (a). Você pode ser grato (a) por inúmeras coisas, basta observar com atenção.

5) Generosidade

Doe o que você puder. Pode ser um objeto que você possua e possa mudar a vida de uma ou várias pessoas, pode ser seu tempo.

Você pode ir a um lar de idosos, conversar com eles, dar carinho e atenção, dizer coisas alegres, pode ir a um abrigo de animais a ajudar a dar banho, passear com eles, pode ir a uma associação de crianças e cozinhar, pedir a elas para desenhar o que elas querem para a vida delas, desenhar com elas, tocar um instrumento, cantar, ensinar alguma coisa, contar uma historinha…

Doe seu tempo. Pode ser meia hora, não precisa ser todos os dias, pode ser uma vez por semana ou apenas uma vez por mês. Quanto mais você doa, mais o Universo retorna.

Doando seu tempo, você vai ocupar sua mente e o seu coração e não vai dar oportunidade para os pensamentos negativos.

Não é tão difícil ser generoso. Às vezes tem um deficiente visual com certa dificuldade para atravessar a rua, um idoso querendo pegar um ônibus…

Pare de viver uma vida sem propósito, sem ver o que está acontecendo ao seu lado. Às vezes, o pensamento negativo nasce por falta de olhar para o próximo, de olhar para quem está precisando da nossa ajuda.

Agora mesmo, eu estou doando meu tempo para ajudar você a melhorar de vida, a mudar de vida, a ser bem sucedido (a) e ter uma vida plenamente feliz. As pessoas não sabem a dimensão que tem falar de coisas boas. Eu realmente acredito nisso.

Quando doa seu tempo para ajudar a quem precisa, além de se sentir bem, de sentir que você pode ser muito útil e importante para muita gente e de receber vibrações positivas como a de um sorriso, de um abraço ou de um simples agradecimento, você tem a oportunidade de perceber o quanto você é abençoado (a) e dar valor a isso sendo grato. Você tem a oportunidade de refletir sobre as dificuldades dos outros e perceber que seus problemas não são aquele monstro gigante que você imaginava. Você passa a ver a sua vida com outros olhos, você passa a ver as coisas por outro ângulo que pode trazer soluções, você passa a enxergar as coisas de um aspecto diferente, mais positivo, você passa a ter uma nova perspectiva de vida, querendo ir com garra atrás do seu projeto de vida.   

Muitas vezes, ser generoso (a) é simples, é ceder a vez para alguém em uma fila, ceder o lugar para alguém sentar, deixar alguém passar a sua frente no trânsito, reduzir a velocidade quando percebe que o sinal vai ficar vermelho, não gritar ou buzinar quando alguém avança o sinal…

Certas vezes, ser generoso (a) está em evitar discussão, confusão, discórdia ou briga.

6) Leitura

Leia, no mínimo, 10 páginas de um bom livro todos os dias.

O hábito da leitura de bons livros é uma boa estratégia porque quando está lendo um bom livro, você está nutrindo a sua mente, está alimentando os seus pensamentos e criando novos pensamentos positivos, novos pensamentos otimistas que você pode aplicar em seu dia a dia.

Além de interromper os pensamentos negativos, a leitura de bons livros desenvolve novas idéias, novos conceitos que você pode aplicar em sua vida.

7) Exercícios Físicos

Como o seu corpo e a sua mente estão interligados, quando você pratica exercícios físicos, você interrompe os pensamentos negativos e ocupa sua mente com algo que faz bem à sua saúde.

Enquanto você se exercita, é praticamente impossível pensar negativamente porque você está em outro estado emocional, você está se movimentando, está mexendo com a sua fisiologia.

Primeiramente, consulte o médico para saber se você pode praticar atividades físicas e quais são mais adequadas para você. Depois da avaliação médica, pratique exercícios físicos, no mínimo, 2 vezes por semana, para que não haja uma sobrecarga no coração.

8) Boas companhias

Procure cercar-se de pessoas otimistas porque elas vão te animar e te ajudar a melhorar sua qualidade de vida.

Estar na companhia de pessoas positivas é uma boa estratégia para interromper o pensamento negativo porque elas não vão deixar que você pense negativamente. Elas sempre vão encontrar uma maneira de te colocar para cima, de te animar, de te indicar um ponto de vista positivo em relação a alguma situação da sua vida.

Texto:

Gizeli Ribeiro – Coach, Mentora e Holomentora com certificação internacional em Coaching, Mentoring e Holomentoring com foco em Professional, Self & Life Coaching (ativação de competências pessoais e profissionais com abordagem holo-sistêmica ISOR) e credenciamento internacional oficial da ICF (International Coach Federation), Autora, Palestrante, Idealizadora do Programa Feliz da Vida e Fundadora do Blog Vibrar AAPI. 

Créditos:

Flávia Melissa – Psicóloga e instrutora de BiYün Nei Qi Jichu Gong (método da mobilização interna da energia vital)

Cristyna Vilela – Coach

Luiz Felipe Carvalho – Trainer em PNL

Se você gostou deste Blog, cadastre-se para receber nossas melhores dicas, novidades e sugestões:

Seus dados estão protegidos e não serão fornecidos a terceiros.

Mando-te Boas Vibrações!

LOGOTIPO 002

Como Ser Positivo Com Tantos Problemas

Para usar deliberadamente a Lei da Atração a seu favor, conseguir atrair o que deseja, realizar seus sonhos e ter a vida que você sempre quis, é necessário ser uma pessoa positiva.

Eu falo muito em pensamento positivo, em otimismo e algumas pessoas acham que eu digo essas coisas porque não sei o que elas estão passando: às vezes um problema de saúde, às vezes um problema financeiro, às vezes um parente nas drogas, às vezes um problema no relacionamento… Elas acham que eu não sei o que é isso porque nunca passei por estas coisas.

Isto é um grande equívoco. Todos nós passamos por problemas. Eu não sei exatamente qual é o seu, mas eu sei que você também tem. É claro que existem graus diferentes, cada pessoa tem problema em uma área e, às vezes, ficam sem saber o que fazer. Geralmente, são problemas com os quais nós temos que lidar em nosso dia a dia.

Como podemos ser pessoas positivas e olhar para o mundo de um ponto de vista positivo se nós estamos cercados de problemas?

Não adianta pensar positivo durante os momentos fáceis se você sempre pensa negativo quando surgem os contratempos, as adversidades. A vida é composta de contrastes, isto é necessário para a nossa evolução. É preciso se manter positivo também nos momentos difíceis.

Isoladamente, o pensamento positivo não tem efeito. Para realmente surtir efeito em nossa vida, o pensamento positivo precisa de uma estrutura que o sustente.

Neste tópico, eu vou dar 15 dicas para que você possa estruturar o pensamento positivo:

1) Faça afirmações positivas

A Física Quântica comprova que, se mais de 3 vezes ao dia, durante 60 dias, você verbalizar o contrário daquilo que você identifica como negativo, você constrói uma realidade positiva.

Faça afirmações positivas diariamente, pelo menos 4 vezes ao dia, durante 60 dias que isso vai te ajudar a se manter ou se tornar uma pessoa positiva.

2) Tenha entusiasmo pela vida

Você precisa ser uma pessoa entusiasmada e passar seu entusiasmo para outras pessoas, de modo que você possa ajudá-las com os problemas delas.

Quando você se torna uma pessoa entusiasmada, automaticamente, você se torna uma pessoa positiva porque você cria uma mentalidade diferente.

As pessoas que conseguem atingir suas metas são pessoas entusiasmadas, pessoas que conseguem ver oportunidades onde aquelas que não são entusiasmadas não conseguem ver.

3) Ria e Sorria

O homeopata e clínico geral Eduardo Lambert, autor da obra “Terapia do Riso – A Cura Pela Alegria”, acredita que a risada pode atuar como um complemento na conquista do bem estar físico e psíquico do ser humano, seja qual for a doença que o afete. É comum ouvirmos o relato de pacientes com câncer, por exemplo, que ao encarar com bom-humor a enfermidade, conquistam mais rapidamente a cura, até mesmo nos casos mais graves.

Esta terapia não se baseia apenas em dados filosóficos, mas também em elementos científicos. O riso envia ao cérebro um comando, por meio do hipotálamo, para que ele produza um grupo de substâncias conhecidas como endorfinas, mais especificamente as betas endorfinas. Elaboradas nas ocasiões em que as pessoas se encontram bem-humoradas, elas detêm um potencial analgésico, semelhante ao da morfina, porém com um potencial cem vezes mais ampliado.

Assim, o mero sorriso ou a risada bem prolongada – quanto mais enérgica, melhor para a saúde – provoca o aparecimento de uma corrente de endorfinas, o que imediatamente traz ao organismo um estado de libertação das tensões, um sentimento de tranquilidade orgânica, psíquica e emocional. Qualquer manifestação de alegria, pensamentos e sentimentos serenos, atitudes de auxílio e de estímulo aos que delas necessitam, já basta para o desencadeamento desse processo.

Neste estágio otimista, a pessoa torna-se mais apta a conquistar as modificações interiores necessárias, saindo um pouco de sua postura exclusivamente racional, para penetrar nos domínios da atração magnética, da criatividade e da sincronicidade, conceito desenvolvido por Carl Gustav Jung para indicar os eventos que se interconectam por laços significativos, ou seja, que são coincidências não aleatórias, as quais ocorrem justamente através da sintonia com as forças positivas que regem o Universo.

Autor do livro “A Idade Verdadeira”, o médico americano Michael F. Roizen diz que quem ri muito, pode ter uma mente e um organismo até 8 anos mais jovem do que sua idade cronológica.

O riso libera as energias bloqueadas e eleva sua vibração. Portanto, ri melhor quem ri, apesar de tudo.

Se você for sempre fechado (a) e mal-humorado (a), fica difícil se tornar uma pessoa positiva. Sorria, não somente com os lábios, mas também com o coração. O sorriso abre portas, desarma os mal-humorados e contagia as pessoas ao seu redor. O sorriso fácil e o riso frouxo facilitam muito para se tornar uma pessoa positiva.

4) Ame-se

Se você não amar a si mesmo, você se torna uma pessoa negativa porque sempre fica achando que não é capaz, que não é bom ou boa o suficiente, que os outros são melhores, que você não serve para isso ou aquilo, que deve aceitar o pior porque não é capaz de conseguir o melhor, que não merece o melhor…

Se você não se amar, ninguém vai. Para ser amado (a), você precisa se amar. Para amar ao próximo, você precisa se amar porque você não pode dar aquilo que não tem. Amar o próximo inclui amar a si mesmo (a), pois o mais próximo de você é você mesmo (a). Leia o tópico Como Amar a Si Mesmo.

Para ser uma pessoa positiva, você precisa amar a si mesmo (a).

5) Acredite em si mesmo (a)

Você precisa acreditar em si mesmo (a) porque, quando você expor suas idéias, seus planos, seus projetos, algumas pessoas vão dizer que sua idéia não é boa, que seus planos não vão dar certo, que seus projetos não têm estrutura, não têm fundamento, não são bons, são falhos… Talvez você tenha padrões mais altos do que os das pessoas ao seu redor. Às vezes, as pessoas ao seu redor têm determinados paradigmas que, quando você deseja realizar um sonho, se você não acreditar em si mesmo (a), você se deixa levar pelas crenças limitantes delas e não consegue alcançar aquilo que deseja.

O pensamento positivo também vem da confiança em si mesmo (a), da crença em suas habilidades, em seu talento, em seu potencial.

Lembre-se: Existe alguém que pode fazer tudo por você. Este alguém é você mesmo (a). Portanto, se você precisa de alguém em quem confiar, confie em si mesmo (a).

6) Seja sempre otimista

Quando você se torna uma pessoa otimista, você cria uma mentalidade com que você começa a enxergar possibilidades, mesmo em momentos de crise, mesmo em momentos difíceis.

Por ser otimista, você começa a enxergar soluções, a criar oportunidades. As pessoas pessimistas enxergam obstáculos, criam barreiras e sempre encontram problemas. Elas cortam diversas oportunidades na vida delas. Tudo isso foi explicado em detalhes no tópico Otimista ou Pessimista – Porque Realista Não Existe.

Se você quer ser uma pessoa positiva, você precisa ser sempre otimista, mesmo em situações difíceis ou circunstâncias complicadas.

7) Seja Paciente

Talvez não seja fácil, para você, praticar a paciência. Às vezes, não é fácil ser paciente em determinadas situações ou com certas pessoas. Às vezes, não é fácil ser paciente até consigo mesmo (a) porque você fica ansioso (a) para alcançar aquilo que deseja, você fica ansioso (a) para obter resultados. Entretanto, você precisa saber esperar o momento certo. No tópico O Tempo Certo Para Realizar Seus Sonhos, nós falamos das Leis Universais e a Lei da Gestação é uma Lei Universal, uma lei natural do Universo que precisa ser respeitada. As possibilidades são infinitas e as oportunidades sempre irão surgir.

Para ser uma pessoa positiva, você precisa ter paciência. As pessoas positivas sabem esperar e sabem que a paciência é uma virtude.

8) Seja grato (a)

Eu não quero pregar uma utopia, mas ninguém é, ao mesmo tempo, cego, surdo, mudo, tetraplégico, doente, sozinho, pobre, sem teto e descamisado. Todos nós sempre temos motivos para agradecer. Se você está vivo (a), este já é um bom motivo. Se você fizer uma refeição, hoje, agradeça. Se você tiver água para beber, agradeça. Se você pode enxergar, ouvir, falar ou andar, agradeça. Se você tem pai, mãe, irmão, avó, tia, primo, marido, esposa, filho (a), namorado (a), amigo (a) ou qualquer pessoa que você ame e te queira bem, agradeça. Se você tem um teto para se abrigar, um agasalho ou um cobertor para se aquecer, este já é um motivo para agradecer.

Apesar das dificuldades, seja grato (a) por mais um dia de vida. Mesmo que você ainda não tenha a vida que você deseja, seja grato (a) por poder aprender a alcançar seus objetivos.

Você está com dificuldades para encontrar motivos para agradecer? No tópico 7 Técnicas de Limpeza 3 – Gratidão, mostramos um exercício poderoso e eficaz para aprender a ser grato (a) e usar isto para atrair as coisas que você deseja e realizar seus sonhos.

A gratidão é uma das maneiras mais poderosas de transformar a si mesmo (a), seu momento, sua energia. Você pode transformar tudo que está em andamento, pode mudar toda a atual situação com gratidão. Ela vai acelerar sua habilidade de trazer para a sua vida tudo o que você tanto deseja: Experiências, amor, saúde, boa forma, fartura, prosperidade, riqueza material, abundância, sucesso profissional… Diversas coisas.

Um dos requisitos mais importantes, para ser uma pessoa positiva, é ter gratidão no coração.

9) Abençoe

Ao invés de reclamar e amaldiçoar todo evento, situação ou circunstância desagradável, abençoe, pois tudo isso são experiências pelas quais você passa para crescer, para evoluir. Faz parte do seu aprendizado para o desenvolvimento pessoal. Seja bom ou ruim, o vento não importa. O que faz diferença é a sua reação ao evento.

Nossos pensamentos e palavras criam imagens e estas imagens são registradas pelo subconsciente, que é quem comanda nossas ações e o nosso comportamento.

Para o subconsciente, a palavra abençoar significa bem soar, bem dizer. E quando você abençoa aquele evento, aquela situação ou circunstância, você está revertendo aquilo a seu favor. Isto contribui para que você se torne uma pessoa positiva.

10) Tenha coragem para enfrentar momentos difíceis

Momentos difíceis existem. Às vezes, nós nos deparamos com situações injustas, com situações realmente paralisantes e, neste momento, nós precisamos ter coragem.

Quando você tem coragem, você pensa positivamente porque, como mostra o tópico Mude Sua Vibração Para Mudar Sua Vida, a frequência da coragem é de 200 Hz. Além disso, coragem é um recurso interno que você pode acionar a qualquer momento.

Muitas vezes, nós entramos em estados emocionais áridos em que nós deixamos de usar nossa coragem, abaixamos a cabeça e esquecemos que podemos acionar este recurso a qualquer momento e fazer a diferença em nossa vida.

Ter coragem é uma virtude e, quando você tem coragem, você se torna uma pessoa positiva.

11) Perdoe e esqueça

Quando você perdoa, o (a) maior beneficiado (a) é você. Mágoa, ressentimento, rancor, raiva e ódio são emoções negativas, de baixa freqüência, que baixam sua vibração.

Quando você pensa mal de alguém, você está criando o mesmo para você, está criando para você mesmo (a) aquela imagem negativa que você está fazendo de outra pessoa. A sua mágoa, o seu ressentimento, o seu rancor, a sua raiva e o seu ódio talvez nem atinjam a pessoa em questão, mas já atingiu você porque é você quem está sentindo. É como se você tomasse veneno para matar alguém. Quem morreria? Você!

Se você pensa mal de alguém e deseja o mal, você está criando uma imagem daquele mal no seu subconsciente e está criando aquilo para você, mas se você perdoá-la, você está se beneficiando porque não está criando esta situação para você.

Quando você perdoa, você tira aquela carga negativa que pesa sobre você, alcança o alívio e eleva a sua vibração.

Esqueça porque, enquanto você está lembrando, você está recordando, revivendo, pensando e sentindo aquela emoção negativa.

Alguém pensou ou falou mal de você? Deixe pensar, sentir e falar o que quiser. O que os outros pensam de você não é problema seu! A imagem que as pessoas fazem de você é a imagem que elas estão criando na mente delas, são elas que estão absorvendo e atraindo aquilo para elas mesmas.

Procure aspectos positivos nas pessoas. Todos nós temos defeitos e qualidades. Procure as qualidades e troque as críticas por elogios. Faça isso com você mesmo (a) também. Pense bem dos outros e de si mesmo (a).

Está encontrando dificuldades para perdoar? No tópico Como Amar a Si Mesmo, nós mostramos um exercício bem simples para você aprender a perdoar.

12) Pare de se envolver em situações negativas.

Isto inclui fofoca, coisas que gastam seu precioso tempo, mas não vão acrescentar nada à sua vida, programas de TV, notícias no jornal impresso, na internet, na TV ou no rádio, pessoas que te fazem se sentir mal, que são pessimistas, que só reclamam, que são invejosas…

Você realmente deve se afastar deste tipo de situação porque não há como ser uma pessoa positiva se você está o tempo todo cercado (a) por estes ingredientes negativos bombásticos.

13) Associe-se a pessoas positivas

Você é a média das 5 pessoas com quem você mais convive. Portanto, você deve selecionar muito bem as pessoas que te influenciam, que te inspiram. Selecione os amigos, os autores dos livros que você lê, os compositores das músicas que você ouve, os cineastas dos filmes que você assiste… Você deve observar o pensamento dessas pessoas, ver o que essas pessoas têm de bom para lhe oferecer e se nitrir com a energia delas.

14) Ajude os outros

Sempre que você ajuda alguém, sempre que você contribui de manaira positiva para a sociedade, você se sente uma pessoa melhor, uma pessoa positiva.

Uma das fontes de alegria é ajudar outras pessoas. Você não deve ser uma pessoa fechada em si mesma, não deve ser egoísta, pensar só em si mesmo (a) e querer tudo somente para si.

Seja uma pessoa gentil, solícita, prestativa e solidária. Transmita amor. Gentileza gera gentileza. Fazendo isso, você atrai coisas boas. Lembre-se: Você Atrai Aquilo Que Transmite. Você não atrai aquilo que você quer, você atrai aquilo que você é.

15) Faça as coisas sem esperar resultados

Faça o que quiser ou tiver que fazer sem esperar qualquer tipo de recompensa ou aprovação, faça sem esperar nada em troca.

Quando você age assim, você faz melhor, faz bem feito, faz com verdade, faz com originalidade, com criatividade, com alegria, com prazer, com amor.

Se você vai escrever um artigo, gravar um vídeo, desenvolver um projeto, pintar um quadro, compor uma música ou fazer qualquer coisa, esta é uma forma de expressar seu sentimento e sua opinião, não importa se os outros vão gostar ou não. Faça as coisas por acreditar que é certo, por sentir que é aquilo que te move, por gostar, por se sentir bem, mas faça sem esperar resultados positivos ou negativos.

Não se preocupe com o que os outros vão pensar. Preocupação é pré-ocupar, ou seja, ocupar a mente por antecipação com coisas que, talvez, nem aconteçam.

Faça o bem sem olhar a quem. Quando você faz um bem para alguém, você está fazendo bem a si mesmo (a). Mesmo que aquela pessoa não seja grata ou não possa retribuir, você estará emitindo uma boa vibração para o Universo.

Se você está em busca do seu caminho e faz as coisas de acordo com o seu coração, não de acordo com o que te dizem para fazer, provavelmente você vai alcançar seu objetivo.

Eu enfrento os problemas que surgem, vivo em uma sociedade problemática, tenho os meus altos e baixos, mas eu realmente faço tudo o que mostrei neste tópico e é assim que eu consigo ser uma pessoa positiva.

Texto:

Gizeli Ribeiro – Coach, Mentora e Holomentora com certificação internacional em Coaching, Mentoring e Holomentoring com foco em Professional, Self & Life Coaching (ativação de competências pessoais e profissionais com abordagem holo-sistêmica ISOR) e credenciamento internacional oficial da ICF (International Coach Federation), Autora, Palestrante, Idealizadora do Programa Feliz da Vida e Fundadora do Blog Vibrar AAPI.

Créditos:

Cidinha D’Agostino – Terapeuta Emocional

Luis Felipe Carvalho – Master e Trainer em PNL

Tiago C. Simões – Marketing de Rede

Se você gostou deste Blog, cadastre-se para receber nossas melhores dicas, novidades e sugestões:

Seus dados estão protegidos e não serão fornecidos a terceiros.

Mando-te Boas Vibrações!

LOGOTIPO 002

Ação x Teoria

Na primeira cena do filme Enemy Mine (Inimigo Meu), o astronauta americano diz:

“Nós estávamos em guerra e, em toda guerra, nós temos longos períodos em que nada acontece e um período de uma batalha muito forte.”

Geralmente, é assim que as guerras são. Os militares ficam em treinamento por muito tempo e então, rapidamente, eles colocam tudo em prática e têm que fazer tudo funcionar.

Esta teoria funciona tanto para guerras quanto para empreendedorismo, para a vida profissional e para uma série de desafios que você pode estar tendo agora. Você precisa fazer a lição de casa e, de repente, você tem que colocar tudo em operação AGORA, para funcionar.

AÇÃO X TEORIA

Existem 3 grupos de pessoas que fazem coisas em grande escala, no mundo. Há outros subgrupos, mas estes são os 3 maiores:

1) PESSOAS QUE PÕEM EM AÇÃO IMEDIATAMENTE AQUILO QUE APRENDEM

Essas pessoas fazem, elas aprendem fazendo, não se preocupam muito com a teoria. Elas aprendem muito mais rapidamente e não precisam de muita teoria para obter resultados porque, se você coloca em ação rapidamente, você aprende coisas para as quais não existe explicação teórica.

Quando você coloca em ação, você começa a ver um monte de coisas que você não sabia que eram assim, então, você muda de posição rapidamente e vai corrigindo o curso para chegar aos resultados que você quer obter.

Este é um grupo que inclui pessoas que, geralmente, têm pouca ou nenhuma formação, mas têm grande sucesso. Existem muitas pessoas assim.

Aquela história que diz que você precisa fazer uma quantidade x, y ou z para ter sucesso em certas áreas, não é verdade. Realmente, há áreas em que você precisa estudar muito. Ninguém quer um Neurocirurgião que não estudou. Mas há áreas em que você estuda, estuda, estuda e não muda muito os resultados.  

2) PESSOAS QUE SÃO ESPECIALISTAS NA TEORIA

Estas pessoas estudam tudo o que podem, são especialistas em aprender e passam, praticamente, a vida inteira estudando. Elas fazem 5, 10, 15 cursos e ainda não ficam satisfeitas porque elas estão sempre caindo no círculo da ignorância.

Ninguém sabe tudo a respeito de tudo. O tempo passa, surgem coisas novas, novos conceitos, dados novos, novas descobertas, mais informações… Enquanto estamos vivos, estamos sempre aprendendo. Isto é ótimo! Você deve manter-se atualizado (a) e bem informado (a). Mas é preciso tomar cuidado para não cair na procrastinação e no ostracismo.

O autor multimilionário Andrei Parabellum, que é o maior empreendedor digital da Rússia e um dos maiores webmarketers do mundo, entre outras coisas, diz que há pessoas que dedicam o tempo todo da vida a estudar e nenhum tempo a agir. O resultado disso é que nada acontece. Ele explicou porque isso ocorre:

O que estas pessoas sabem sobre qualquer assunto pode ser muito pouco, no início, e elas percebem que há um círculo grande em torno daquilo sobre o qual elas têm algum conhecimento. Este círculo grande é aquilo sobre o qual elas ignoram. Então, quando elas têm um conhecimento pequeno, elas estudam um pouco para poder conhecer o suficiente para pôr em prática aquilo que aprenderam, mas embora o conhecimento cresça, elas percebem que há um círculo maior, ao redor do conhecimento que elas adquiriram, que é um novo círculo de ignorância. Este círculo maior surge como um território escuro, aquele no qual elas não sabem o que acontece, não têm conhecimento algum sobre ele. E então, elas cometem um erro que as afundam, elas falam assim:

“Se, pelo menos, eu fizesse aquele curso, se tivesse aquele diploma, se tivesse feito aquela faculdade, se tivesse feito aquele mestrado… Bom, com aquela pós-graduação, eu vou conseguir saber como isso funciona.”

Então, elas vão estudar, aprendem tudo o que precisam e, quando elas conhecem tudo o que precisam saber sobre este círculo, elas descobrem que há outro círculo de ignorância ainda maior em torno de todo aquele conhecimento que elas já adquiriram. Então, elas começam a estudar para dominar tudo aquilo e aquele círculo de ignorância se torna um círculo sobre o qual elas sabem tudo, mas quando elas chegam lá, elas descobrem que tem um círculo de ignorância maior ao redor daquele sobre o qual elas adquiriram conhecimento. E neste novo círculo ainda maior, há mais coisas sobre o qual elas precisam estudar. Elas vão ler mais livros, fazer outros cursos, estudar mais e mais…

Ou seja, se você não estabelecer quando vai fazer algo, você vai pesquisar eternamente, você vai se tornar um (a) pesquisador (a) e não um (a) realizador (a).

Existem pessoas que se tornam caçadoras de pós. Elas fazem pós-graduação em cima de pós-graduação como se isso fosse abrir as portas do Universo. Então, elas descobrem que precisam fazer mais uma pós, mais um curso ou estudar mais alguma coisa que falta.

Andrei Parabellum já foi assim, Aldo Novak já foi assim, eu já fui assim.

Andrei Parabellum conta que começou a estudar para um projeto comercial e quando ele compreendia como a coisa funcionava, ele descobria que tinha mais uma coisa para estudar. Isso levou cerca de dez anos. Mais ou menos dez anos depois que começou, ele estava fazendo um curso e uma americana que sentou ao lado dele pediu que ele traduzisse porque ela não entendia muito bem aquele inglês com sotaque russo. Ele ensinou tudo a ela, mas não trocaram telefone, então, não se encontraram mais. Em dez anos de estudo, ele não havia ganhado um centavo com todo o conhecimento dele. Depois de 6 meses, ele estava fazendo outro curso e a americana também. Então, ela se aproximou dele para agradecer porque ela havia colocado em prática aquilo que ele a havia ensinado e isto mudou a vida dela porque ela estava ganhando 350 mil dólares por mês. Foi só aí que ele percebeu que ele já sabia muito mais do que era necessário. Ele só precisava colocar em prática. Então, ele pegou o projeto dele e desenvolveu. Hoje, ele recebe mais de 1 milhão de dólares por mês.

Tem gente que é fanática por diplomas e certificados. Essas pessoas só conseguem imaginar que vão ser bem sucedidas depois que estudarem mais uma coisa. Estudar é maravilhoso, é útil, é necessário, é fundamental, desde que você não passe todo o seu tempo estudando. Caso contrário, você nunca vai parar de estudar, pois cada vez que você adquirir conhecimento sobre algo, vai surgir um círculo de ignorância maior e, se você entrar nessa de compreender tudo, você sempre vai achar que não está suficientemente preparado (a), sempre vai achar que não está pronto (a) e nunca vai fazer nada.

O primeiro grupo de pessoas não consegue teorizar muita coisa, mas consegue fazer o que tem que ser feito. Este segundo grupo é ótimo para criar teorias espetaculares, mas não sabe, de fato, como as coisas funcionam. Então, são 2 grupos distintos.

3) PESSOAS QUE ESTUDAM TEORIA, MAS COLOCAM EM AÇÃO RAPIDAMENTE AQUILO QUE APRENDERAM

Você precisa estudar e agir simultaneamente. Esta é uma das chaves dadas por Andrei Parabellum.

Quando você estuda algo e põe em prática imediatamente, você tem o melhor de dois mundos.

Entretanto, colocar em prática imediatamente é impossível porque quando você está estudando, não dá tempo de você pegar aquela mesma informação e colocar em prática.

Então,  eu vou te ensinar um truque que aprendi com Aldo Novak:

Você estuda bastante e estabelece na agenda ou marca no seu calendário, uma data limite para colocar aquilo em prática.

Geralmente, acontece o seguinte:

O grupo que quer partir para a ação, não quer estudar. Então, faz, gasta muito, perde muito, geralmente tem grandes deficiências e grandes prejuízos, mas faz.

O grupo que só quer estudar, não quer agir. Eles acham que ainda precisam estudar muito mais antes de colocar em operação. Este é aquele grupo dos professores universitários que sabem muito, mas passam fome. Eles só querem conhecimento, não querem colocar em ação. E eles não têm o conhecimento, a experiência da prática porque eles ficam presos nos livros.

Então, você deve marcar uma data para colocar em ação e fazer o seguinte:

Se você faz parte do primeiro grupo, grupo que quer colocar em ação imediatamente, tudo que vier antes da data marcada é ESTUDAR. Antes desta data, você não vai colocar nada em prática, você só vai estudar teoria. E você vai estudar toda a teoria possível.

Se você faz parte do segundo grupo, que adora estudar, mas não gosta de colocar em prática, na data marcada você vai parar de estudar qualquer coisa e vai colocar em prática.

 É verdade que, se fizerem isso, os dois grupos vão sofrer porque aquele que adora prática vai descobrir que não colocou em prática por tempo suficiente e o grupo que adora teoria vai descobrir que ainda vai ter que aprender muito mais. Só que os dois grupos já vão sofrer se não fizerem isso. De qualquer maneira, os dois grupos vão sofrer. A diferença é que, se não fizerem isso, vão sofrer por resultados inferiores depois. A pessoa fica dominando tudo, mas os resultados são nulos ou a pessoa tem resultados, mas não sabe por que, pois não domina nada então, tem que dizer que é sorte; ela mesma acredita na sorte.

O terceiro grupo é o das pessoas que pegam aquele conhecimento, colocam uma data e entram em ação. Elas também sofrem porque gostariam de continuar estudando ou gostariam de colocar mais em prática, uma perna em cada lugar, mas é o grupo que vai mais longe.

Se você tem algo que está estudando, tentando dominar, mas tem muita informação e está ficando complexo, coloque uma data limite. Até esta data, você vai estudar. A partir desta data, você vai colocar em prática.

Se você não fizer isso, você vai cair no primeiro grupo, que coloca em prática fora de hora ou no segundo grupo, que vai estudar até a morte. Nenhum dos dois grupos vai ter resultados, o resultado ideal, aquele que você deseja. Porque o primeiro grupo pode fazer alguma coisa que vai dar errado, por falta de informação, e o segundo grupo não vai fazer coisa alguma.

Eu sugiro que você faça isso hoje mesmo: Marque uma data e o que você não conseguir aprender até ali, dane-se! Você só vai aprender o que é teórico até ali. Dali para frente você só vai aprender o que é prático, vai aprender na prática, vai aprender fazendo, vai aprender o que realmente vai colocar toda a teoria para funcionar.

Talvez este dia seja hoje mesmo. Talvez, a partir de hoje, você pare de estudar e comece a colocar em prática ou pare de colocar em prática cegamente e comece a entender como funciona a coisa. Talvez seja outro dia, mas hoje tem que ser o dia em que você vai marcar no calendário. Marque no calendário e siga o seu calendário, siga aquilo que você estabelecer.

Texto: Gizeli Ribeiro

Créditos: Aldo Novak

Ajude a manter este Blog depositando qualquer valor na Caixa Econômica, Agência 0224, Conta 01300199851-0, Operação 013. Desde já, agradecemos o seu apoio.

Mando-te Boas Vibrações!

LOGOTIPO 002

Como Sair da Zona de Conforto

A zona de conforto é uma série de ações, pensamentos e/ou comportamentos que uma pessoa está acostumada a ter e que não causam nenhum tipo de medo, ansiedade ou risco. Nesta condição, a pessoa realiza um determinado número de comportamentos que lhe dá um desempenho constante, porém limitado, e com uma sensação de segurança. Em outras palavras, a zona de conforto representa tudo aquilo que te deixa em uma posição de segurança onde você prefere continuar como está e não arrisca. Porém, você necessita operar fora da sua zona de conforto para realizar avanços em seu desempenho.

A vida começa onde termina a sua zona de conforto porque tudo o que você quer, nesta vida, fica justamente fora da zona de conforto. No porto, as embarcações estão seguras, mas elas foram feitas para navegar e não para ficarem paradas até se deteriorarem de vez. Você pode não saber que resultados virão da sua ação, mas se você não fizer nada, não obterá resultado algum. Para alcançar aquilo que você deseja, você precisa agir, precisa sair da zona de conforto e mudar.

“Grandes empreendedores estão confortáveis em estarem desconfortáveis.”

Steve Blank

As causas mais freqüentes que levam o indivíduo a permanecer na zona de conforto são:

PREGUIÇA – A pessoa sente cansaço, falta de energia, apatia, desinteresse, depressão, ansiedade, culpa, desmotivação ou tudo ao mesmo tempo.

MEDO – A pessoa tem receio de enfrentar os próprios medos: Medo do desconhecido, dos riscos, das incertezas, do que pode acontecer, de perder o controle ou do que os outros possam pensar.

SOBERBA – A pessoa não sente necessidade de aprender nada ou aprimorar-se, por achar-se suficientemente preparada, pronta, brilhante e prefeita (síndrome do copo cheio).

MIOPIA – A pessoa não enxerga claramente os impactos e as conseqüências de algumas atitudes e comportamentos em sua vida, à médio e longo prazos.

A maioria das pessoas quer alcançar seus objetivos, mas inventa desculpas para não sair da zona de conforto. Isto cria barreiras que as impedem de chegar aonde querem.

As conseqüências de ficar neste estado letárgico, relativo e confortável da permanência na zona de conforto são várias. Entre elas:

DISPERDÍCIO DO PRÓPRIO TALENTO – Que é um processo de auto-sabotagem. Apesar da pessoa termuito potencial, não consegue otimizá-lo nem transformá-lo em performance (como uma mina de diamantes lacrada, inexplorada e improdutiva);

IMPACTOS NEGATIVOS NA IMAGEM, NA CARREIRA E NA EMPREGABILIDADE – Ao invés da pessoa ter uma careira ascendente e bem sucedida, ela fica estagnada ou até involui profissionalmente;

DANOS AO CORPO, MENTE E PERSONALIDADE – Pode acarretar prejuízos à saúde (sedentarismo, obesidade ou dependência química), ao intelecto (perda de memória, de raciocínio e de agilidade mental), à psique (imaturidade, dependência, insegurança e áreas cegas) e à personalidade (falta de altruísmo, de senso de propósito e da capacidade de ajudar as outras pessoas);

SUBDESENVOLVIMENTO – Pode fazer com que a pessoa invista pouco em seu desenvolvimento pessoal, que está ligado a aprender, a mudar seu comportamento , a evoluir e a buscar seu sucesso.

ZONA DE CONFORTO 002

Sair da zona de conforto te aproxima daquilo que deseja e isso promove a sua felicidade, mas permanecer na zona de conforto te afasta daquilo que deseja e isso promove a sua infelicidade. A pessoa que permanece na zona de conforto procura substituir o tédio e a dor da sua insatisfação e frustração por algum tipo de prazer. Elas fazem isso com uma infindável variedade de atividades que causam problemas psicológicos e dependências. Por exemplo: vício das redes sociais, drogas, álcool, jogo, pornografia ou compras excessivas. Todos estes comportamentos são muito comuns na tão proclamada cultura de conforto. Este tipo de comportamentos indesejados são impulsionados pela tentativa da pessoa diminuir a ansiedade. Ela escolhe atividades que permitem reduzir a ansiedade e ao mesmo tempo lhe proporcionem prazer, no entanto, essas mesmas atividades, a longo prazo, irão causar uma dor maior do que a saída saudável da sua zona de conforto.

Para sair da zona de conforto, primeiramente, você precisa estar ciente de que ela realmente existe e pode te impedir de explorar seu verdadeiro potencial e alcançar aquilo que deseja.

ZONA DE CONFORTO 001

Neste tópico, eu vou compartilhar com você algumas idéias que vão te ajudar a sair da zona de conforto.

1) Escolha Melhor as Suas Companhias

A Sua vida reflete a expectativa das pessoas à sua volta. Muitas vezes, você segue o roteiro dos seus familiares, dos seus amigos, dos seus colegas de trabalho… Enfim, das pessoas com quem você convive. Você deixa de fazer muitas coisas que você queria ou deveria estar fazendo para agradar as pessoas que te cercam, até para não parecer ou não se sentir diferente delas.

Já que você tem o poder de escolha, prefira ficar perto de pessoas com o mesmo objetivo que o seu porque há chances de você influenciá-las e ser influenciado (a) por elas e vocês vão motivar uns aos outros, criando uma energia positiva. Procure pessoas mais exigentes que você, pois elas vão te incentivar, te impulsionar.

2) Mantenha a Disciplina

Para sair da zona de conforto, você precisa ter disciplina porque sem ela fica difícil abandonar os velhos hábitos.

Quando nós queremos mudar, é muito comum que o cérebro lute contra isso porque ele já está habituado ao nosso velho comportamento. Às vezes, nós estamos tão acostumados com o velho comportamento que, quando nós decidimos mudar, nós começamos a pensar demais, começamos a racionalizar. Então, seja persistente.

Exija mais de você mesmo (a) porque quando você atinge uma meta e não se acomoda nesta posição, você cria mais metas, atinge metas maiores e com isso vai alcançando objetivos maiores, superando-se, crescendo, evoluindo, sempre exigindo mais de você mesmo (a). Isso é fundamental e, fazendo isso, você mantém a disciplina.

3) Visualize a Si Mesmo Fora da Zona de Conforto

Use o poder da visualização. Feche os olhos e comece a se ver realizando aquilo que gostaria de fazer.

Por exemplo: Seu objetivo é freqüentar a academia, mas está frio e você está indisposto (a), com preguiça. Então, você fecha os olhos e se vê na academia, realizando os exercícios, ouvindo aquela música e se sentindo bem.

Com isso, você vai usando os seus sentidos, a visão, a audição, o olfato (memória olfativa), as sensações… Porque desta forma, você vai criar um desejo, vai estimular o cérebro, ele vai aceitar este desejo e você vai encontrar forças para sair de casa e ir até a academia. Então, use os seus sentidos.

Você pode utilizar esta técnica para qualquer atividade que você queira realizar, mas esteja encontrando dificuldades de sair da sua zona de conforto.

Pratique a visualização todos os dias. Reserve 3, 5, 10 minutos do seu dia para praticar a visualização, pois isso vai te ajudar muito.

4) Encare Novos Desafios

Aprenda algo novo; calcule os riscos; Descubra novos conceitos.

Para sair da zona de conforto, você precisa encarar novos desafios, você precisa aprender algo novo, algo diferente, algo que realmente faça diferença na sua vida, algo que melhore sua vida.

Você precisa calcular os riscos. Por exemplo:

Se você decide que quer abrir um negócio e nunca fez isso antes, você está encarando um novo desafio, então, você deve calcular os riscos, deve calcular o investimento, as despesas e os lucros. Após calcular e saber até onde você pode arriscar, você pode entrar em ação.

Você deve descobrir novos conceitos, novas formas de pensar. Hoje em dia, a tecnologia tem acelerado nossa vida e criado inúmeras possibilidades e oportunidades. Temos uma enorme quantidade de informações.

Muitos dos antigos conceitos que aprendemos não funcionam mais, não servem mais, não têm mais utilidade. Então, nós precisamos estar sempre aprendendo algo novo e descobrindo novos conceitos.

5) Deixe a Racionalização de Lado

Uma vez fixado seu objetivo, faça-o acontecer; lembre-se que a racionalização pode levar à procrastinação.

Racionalizar é quando nós temos uma meta e queremos sair da zona de conforto, mas começamos a pensar demais, ficamos pensando se vai dar certo, se vamos conseguir… E acabamos não agindo. Isto é racionalização.

Se você ficar pensando demais, você vai adiando a ação, adiando suas metas e começa a procrastinar. O tempo vai passando e você não realiza aquilo que pretendia.

É hora de deixar a racionalização de lado e começar a agir, entrar em ação. Isto é fundamental.

Texto:

Gizeli Ribeiro – Coach, Mentora e Holomentora com certificação internacional em Coaching, Mentoring e Holomentoring com foco em Professional, Self & Life Coaching (ativação de competências pessoais e profissionais com abordagem holo-sistêmica ISOR) e credenciamento internacional oficial da ICF (International Coach Federation), Autora, Palestrante, Idealizadora do Programa Feliz da Vida e Fundadora do Blog Vibrar AAPI.

Créditos:

Miguel Lucas – Psicólogo, preparador mental de atletas e equipes desportivas, treinador de atletismo e formador da área do rendimento desportivo.

Sandra Betti – Especialista em Assessment Center, Identificação de Talentos, Desenvolvimento Gerencial e Team Building, é sócia-diretora da consultoria MBA empresarial.

Luiz Felipe Carvalho – FocusLife

Se você gostou deste Blog, cadastre-se para receber nossas melhores dicas, novidades e sugestões:

Seus dados estão protegidos e não serão fornecidos a terceiros.

Mando-te Boas Vibrações!

LOGOTIPO 002

Mudança

Se você acompanha as publicações deste Blog, sabe que estamos sempre lembrando que, para atrair aquilo que você deseja e realizar seus sonhos, você precisa mudar seu pensamento, suas ações, suas atitudes, seu comportamento, seus hábitos… Enfim, você precisa mudar a si mesmo (a). Afinal, se você quer melhorar de vida, você precisa mudar de vida. Se você não mudar, tudo vai continuar exatamente como está e a tendência é piorar.

Se você está obeso (a) e quer emagrecer, mas não faz nada para mudar, vai continuar sedentário (a), vai continuar comendo errado, vai continuar comendo demais e vai engordar. Se você está frustrado (a), insatisfeito (a), desgostoso (a), triste e quer ser feliz, mas não faz nada para mudar, vai acabar sofrendo de depressão. Se você está endividado (a) e quer pagar suas contas, mas não faz nada para mudar, você vai continuar ganhando a mesma quantia, gastando o mesmo, acumulando juros e suas dívidas vão crescer.

Muitas pessoas não mudam por preguiça de sair da zona de conforto e por medo de ser feliz. Elas preferem ficar como estão  e continuar insatisfeitas e infelizes do que mudar e serem plenamente felizes.

Existem pessoas que criam coragem e decidem mudar, mas quando mudam, a primeira coisa que elas começam a ver é que sua vida parece ter virado de cabeça para baixo e está um caos.

Se isso está acontecendo com você, preste muita atenção no que vou dizer:

 

Nada se parece mais com um prédio em ruínas do que um prédio em construção. Por isso, se você está construindo a sua vida, se está criando a sua realidade, se está criando o seu futuro, se está construindo algo novo, não tenha medo de sair da zona de conforto e não se preocupe se os bastidores deste projeto ficarem caóticos e nada parecer dar certo durante algum tempo.

Quando um prédio começa a ser construído, ele realmente parece caótico. No início tudo é difícil, no meio tudo é complicado e no fim tudo é maravilhoso. É necessário que você passe por estas etapas que vão fazer parte do seu desafio.

Quando você quer mudar alguma coisa na sua vida, internamente, você quer que as coisas mudem num estalar de dedos porque tomar decisão é fácil e você faz isso imediatamente.

Imagine que você é capitão de um gigantesco navio, 10 vezes maior que o Titanic, e o navio está indo em uma determinada direção. De repente, você quer ir em outra direção. Ótimo, você toma decisão muito rápido! É fácil tomar decisão. Difícil é pegar este navio gigantesco, que tem uma força de arrasto muito grande, e mudar seu trajeto na direção que você deseja. Vai ter um custo, vai ter um tempo, você vai ter que girar com muita lentidão. Qualquer pessoa que já embarcou em um transatlântico sabe que ele tem um arrasto muito grande. Você começa a mudar a direção e o navio vai mudando lentamente até chagar na posição correta. Isso leva um tempo.

Muitas pessoas tomam decisões rapidamente e depois ficam desanimadas porque, na velocidade que elas querem, nada parece acontecer.

Tudo que você já fez tem um arrasto. A realidade tem um arrasto e tenta te prender na direção que você está.

Se você quer mudar de direção, isso tem um custo de tempo, de trabalho e, dependendo do caso, também tem um custo de dinheiro. Tempo e trabalho são duas coisas as quais você sempre terá que se dedicar muito.

Lembre-se que nada parece mais com um prédio em ruínas do que um prédio em construção e quanto maior for o navio da sua vida, maior será o arrasto que tenta te manter na direção em que você já vem estando. Então, se você quer mudar a direção, vai levar um tempo.

Isto não significa que você não deve tomar decisão rapidamente. Tome a decisão e comece a mudança! Vai ter um custo de trabalho e de tempo, mas comece agora mesmo. Se você não começar agora, o arrasto vai se tornando cada vez mais forte e impedindo que você mude lá na frente, na semana que vem, no mês que vem, no ano que vem, no futuro. Não vai dar tempo. Então, faça agora, tome uma decisão e comece já.

Agora, eu quero alertar para um detalhe importante:

Talvez você já tenha aprendido, em livros, vídeos ou palestras, que toda mudança começa de dentro para fora. Isto é verdade. Mas a mudança só é mantida de fora para dentro.

Se você não mudar o sistema em que você vive, nada muda.

Se você quer perder peso, mas vive na companhia de pessoas que comem demais, por mais que você queira emagrecer, seu sistema, de fora para dentro, é para ganhar peso.

Se você quer parar de beber ou beber menos, mas continua vivendo na companhia de pessoas que bebem muito, de fora para dentro, você vai ser vencido (a).

Se você quer ajudar um dependente químico ou um alcoólatra, não adianta você apenas influenciá-lo na sua decisão, não adianta você simplesmente induzi-lo a tomar a decisão de parar. Você precisa ajudá-lo a mudar o sistema em que ele vive porque foi o sistema que o colocou lá. Se ele continuar no mesmo ambiente, frequentando os mesmos lugares, na companhia das mesmas pessoas, fazendo as mesmas coisas, ele não vai conseguir.

Então, entenda que toda mudança começa de dentro para fora, mas ela se mantém de fora para dentro. Quando você muda de fora para dentro, você mantém aquilo que você decidiu de dentro para fora.

É fundamental que você mude o sistema que te cerca porque o sistema te conduz. Se você, a sua equipe, a sua empresa, os seus funcionários, os seus clientes ou os seus alunos têm um problema, procure a solução primeiramente no sistema. Quando você encontra no sistema aquilo que você pode mudar, basta você mudar o sistema que as pessoas se adaptam. A adaptação não é instantânea, pode levar algum tempo, mas as pessoas acabam se adaptando.

Então, procure no sistema o que você pode mudar. Em certos casos, mudando o sistema, você muda todo o programa e consegue a solução.

Texto: Gizeli Ribeiro

Créditos: Aldo Novak

Ajude a manter este Blog depositando qualquer valor na Caixa Econômica, Agência 0224, Conta 01300199851-0, Operação 013. Desde já, agradecemos o seu apoio.

Mando-te Boas Vibrações!

LOGOTIPO 002

Quem é Você?

Quem é você?

Dependendo do que você acredita, você pode pensar que você é as suas dores, as tragédias da sua vida… Enfim, você é aquilo que te aconteceu.

Então, eu tenho uma boa notícia para você:

Seu passado passou! A partir de hoje, você vai começar a entender que não é mais o passado que manda em você. Tudo o que você viveu é uma memória. E, se é memória, não é real.

Eu sei que tem gente que passa 4 ou 5 horas por dia em uma faculdade escutando os professores dizerem que as memórias são reais, que aquilo que você viveu é real…

Não, não  é real. VOCÊ É O QUE VOCÊ FAZ SISTEMATICAMENTE. Você não é o seu passado. A sua biografia não é o seu destino. A não ser que você queira que seja. A não ser que você acredite que seja.

Você já deve ter ouvido várias bobagens como: Pau que nasce torto morre torto, não dá para ensinar truque novo para cachorro velho… Tudo isso é bobagem.

Pode haver alguém que tenha pós-doutorado e afirme que o que estou dizendo está errado. Ótimo! O fato é que isso não funciona. Só funciona quando você passa a se comportar, sistematicamente, de forma a ser de determinado modo ou de forma a ser do jeito que você quer.

Você é aquilo que você faz sistematicamente. Não é só o que você pensa. Tem gente que acha que tem que pensar: “Eu sou bom.” Não! Se você pensa que é bom, mas age de maneira má, você é mal. Para ser bom, é necessário que você aja como tal, é necessário que você passe a se comportar bem, é necessário que você passe a agir bem. Você precisa passar a se comportar como aquilo que você quer ser porque VOCÊ É AQUILO QUE VOCÊ FAZ.

Hoje, você vai ser inteligente se fizer coisas difíceis e não se fizer coisas inteligentes, pois se você faz algo inteligente é porque você já fez isso antes e, provavelmente, deu errado antes porque você comete erros. Isso que é a experiência. Todos querem ter experiência. A experiência evita erros, mas como se adquire experiência? Tentando fazer coisas novas e errando porque se você acertar logo de primeira, não vai adquirir experiência alguma. A experiência surge do erro. Você erra uma vez, adquire experiência e não erra na próxima.

É muito importante que você entenda isso. Ser inteligente significa que você fez bobagens lá atrás. E essas bobagens, agora, te colocaram em outra posição para fazer coisas que os outros enxergam como coisas inteligentes, mas você enxerga simplesmente como resultado da sua experiência.

Passe a fazer coisas que tornem você uma pessoa melhor, esticando tudo aquilo que, por alguma razão, você “ache” que é o seu limite.

Eu disse “ache” porque o limite é basicamente mental. Ele é uma fronteira criada pela sua mente. Quando você estabelece limites mentais, a sua realidade é limitada.

Você acha que não pode fazer tal coisa porque ……… (preencha a lacuna com o seu limite mental).

Enquanto você estiver vivo (a), você pode fazer, praticamente, qualquer coisa, inclusive prolongar o seu tempo de vida. Então, é fundamental que você estique o seu limite mental. A liberdade interior, a força interior só existe quando você chega no seu limite, quando você estuda coisas complicadas, quando você faz coisas complicadas, quando você arrisca. Se você não arriscar, você vira uma pedra. Há pessoas que dizem que são felizes, que têm uma vida boa, mas enquanto elas falam, você percebe nitidamente, na expressão do rosto delas, no tom da voz delas, que elas podem ser tudo, menos felizes e a vida delas pode ser tudo, exceto boa.

Agora, você já sabe que você é aquilo que você faz. Então, o que você vai fazer hoje? O que essa ótima pessoa que está na sua cabeça faria HOJE? Faça isso! Comece a trabalhar o melhor de você, crie a melhor versão de você mesmo (a).

Créditos: Aldo Novak

Ajude a manter este Blog depositando qualquer valor na Caixa Econômica Federal, Agência 0224, Conta 01300199851-0, Operação 013. Desde já, agradecemos o seu apoio.

Mando-te Boas Vibrações!

LOGOTIPO 002

Aprenda a Escolher as Metas Certas

Ter metas significa saber o que quer, porque quer, o que fazer para chegar lá, e principalmente o que se ganha com isso. Por isso, precisamos saber se temos metas ou apenas sonhos que dificilmente se realizarão.

Todos nós já ouvimos falar muito do extraordinário potencial do ser humano, de que o homem é poderoso, de que dispõe de forças incalculáveis e que não usa 10% do seu potencial.

Cientistas já disseram que se fosse feita uma cópia de cérebro humano seriam necessárias, pelo menos 10 bilhões de células eletrônicas e a força de mais de um milhão de watts, para fazer essa máquina funcionar. Tudo isto é o homem. Mas, porque existe tanta gente fracassada neste mundo (Lembrando que o fracasso não quer dizer somente falta de dinheiro)?

Uma pesquisa revelou que 90% das pessoas não fazem aquilo que gostam, não têm aquilo que querem e que, de certa forma, são infelizes.

Nas últimas décadas, cientistas do comportamento humano concentraram seus estudos para identificar o que é a diferença que faz diferença. Por que somente algumas pessoas conseguem o sucesso?

Os cientistas concluíram que o sucesso ou o fracasso não acontecem por acaso. Existem razões já definidas pela ciência que explicam isso.

Disseram que muitas pessoas fracassam porque não têm consciência de seu próprio potencial. Outras, até vislumbram o potencial de que dispõe, mas não sabem como dinamizá-lo, como colocá-lo para fora.

Também alertaram de que existe um grande erro curricular na educação tradicional. Vamos para a escola, para a faculdade e aprendemos muitas coisas, mas não aprendemos como funciona nossa mente e nossa forma de pensar. Tudo aquilo que nós temos e vamos ter um dia, é o resultado do funcionamento da nossa mente.

Mas, a grande conclusão que estes cientistas chegaram é que a maioria das pessoas não têm um  plano de vida, ou seja, não sabem o que querem da vida. E terminam dizendo:

“ Toda pessoa que vence na vida tem algo em comum. Ela sabe exatamente o que quer e está disposta a lutar por isso, até as últimas conseqüências”.

O mundo abre passagem para as pessoas que têm metas.

Saber estabelecer metas é uma das maiores dificuldades das pessoas. Muita gente confunde sonhos com metas. É importante sonhar, soltar a imaginação. Mas, se você não se mexe, se você não entra em ação na busca dos seus sonhos, tudo isso não passa de sonhos frágeis.

Quando se vai construir um edifício grande e majestoso, você acha lógico começar a obra sem dispensar tempo suficiente para a elaboração de sua planta e sem nenhum esforço e investimento? Claro que não!

Todo o mundo sabe a importância em planejar cuidadosamente um grande investimento e o papel da planta em uma edificação. Sobre o que é necessário para começar, como desenvolver o projeto e como conseguir o que se quer.

Vamos analisar a respeito de uma planta bem diferente da planta de uma construção. Ela é muito mais importante do que qualquer planta de construção já elaborada até hoje. Trata-se da planta da sua vida. E a partir de agora, pensaremos na sua meta de vida.

Desejar o sucesso, sem estabelecer o que é esse sucesso, é o mesmo que procurar uma agulha no palheiro. É como procurar a agulha sem saber como ela é e, se encontrá-la, não poderá reconhecê-la.

Ninguém imagina uma empresa começar a desenvolver suas atividades sem antes elaborar o planejamento necessário, visando o desenvolvimento futuro.

Todos sabem disso, mas poucos se preocupam em planejar o próprio desenvolvimento. Porém, devemos lembrar que cada um de nós é uma empresa. E que, neste momento, você ocupa o posto de Presidente da sua empresa. Portanto, você é responsável pelo sucesso ou pelo fracasso.

Nos tópicos Como Atingir Suas Metas e “Estratégias Para Prosperidade e Felicidade – Parte 2“, eu mostrei o que é meta, como transformar sonho em meta, como implementá-la, como estabelecê-la e como atingi-la. Agora, eu quero chamar atenção para um detalhe que é muito importante porque muitas pessoas aprendem a estabelecer metas, mas cometem um erro primário e muito comum que faz com que elas desistam e fracassem.  

Robin Sharma, que é um dos autores de maior renome no campo da Gestão e do Desenvolvimento Pessoal nos EUA, costuma sugerir que você não deve correr o risco de escolher uma meta errada e ele trata de dois gêneros de meta:

1) Ego-meta – É a meta do ego, uma meta que você estabelece para poder impressionar as pessoas. Você diz:

“Eu vou comprar aquele carro porque ele vai fazer com que as pessoas me respeitem.”

“Eu vou usar aquele vestido porque ele vai fazer com que as pessoas me admirem.“

“Eu vou a tal lugar somente para mostrar aos outros que eu sou poderosa.”

” Eu vou estar na companhia daquelas pessoas somente para mostrar aos outros que eu sou o cara.”

Esta meta, geralmente, é uma armadilha porque você vai desistir assim que os obstáculos começarem a surgir na sua vida. Então, para evitar que você desista, a Ego-meta é a primeira coisa que você deve excluir.

2) Meta Real – É a meta focada no seu desenvolvimento pessoal, no processo do seu avanço, da sua evolução. É uma meta na qual você se torna uma pessoa melhor.

A meta real não tem nenhuma relação com a ego-meta, por isso você pode fazer coisas que ninguém entende. As pessoas se perguntam porque você está fazendo isso.

Eu não sei qual é a sua meta real, não sei qual é a sua motivação, mas se a sua meta é, por exemplo, escalar o Monte Everest, você vai enfrentar uma série de obstáculos. Para chegar ao topo do Everest, você precisa ultrapassar esses obstáculos. Ninguém vai conseguir avaliar as suas dificuldades.

Geralmente, as pessoas que desistem diante dos obstáculos são pessoas medianas, são pessoas que estão tentando atingir ego-metas e não metas reais, não é a própria meta porque a meta real é intrínseca, ela faz parte de você, você precisa continuar e QUER continuar. Não é uma coisa que você pensa que vai tentar e, se não der certo, você muda. Não! Se você pensa assim, já está previsto que não vai dar certo e você vai mudar. Então, para que ficar preso (a) em ego-metas?

Estabeleça uma meta real, para o seu desenvolvimento, sem se importar com o que as pessoas ao seu redor vão achar porque, geralmente, as pessoas te parabenizam e dizem que isso é muito bom somente depois que você atinge sua meta final, sua meta principal, aquela que é explosiva. Mas para atingir esta meta, você precisa ter várias outras metas menores. Isto é explicado em detalhes no tópico Como Atingir Suas Metas. E ninguém vai ver essas metas menores. As pessoas não vão sequer entender por que você está fazendo aquilo.

É mais ou menos como um corredor de maratona que fica correndo na rua durante 364 dias e ninguém dá importância para ele, mas em um dia por ano, ele está na maior corrida da vida dele e, se ele ganha, as pessoas o aplaudem e o parabenizam. Na verdade, foi sua persistência, sua perseverança, sua superação pessoal, foi uma meta real.

Então, é isso! Esqueça as ego-metas e trate das metas reais. Não compre um carro que vai impressionar os outros, compre um carro que realmente vai dar o que você quer, a emoção, a qualidade de vida…

Esqueça aquele conto da grama do vizinho ser sempre mais bonita que a sua. O seu jardim, é você quem estabelece. Se vai ter flores ou se vai ter frutas, é você quem estabelece. Quando você escolhe plantar flores porque todo mundo planta flores, isto é uma ego-meta. Quando você escolhe plantar um determinado tipo de flor, mesmo que ninguém plante, isto é uma meta de desenvolvimento real, é uma meta intrínseca, ela faz parte de você.

Texto: Gizeli Ribeiro

Créditos:

– Ricardo Rocha – Coach, Palestrante e Consultor, conhecido como Dr. Vendas. Especialista em aumentar as vendas em micro, pequenas, médias e grandes empresas com mais de 10 mil pessoas treinadas.

– Aldo Novak – Coach,  jornalista e conferencista internacional. Premiado como Destaque Educacional do Ano pela ABTD/PR (Associação Brasileira de Treinamento e Desenvolvimento), recebeu o prêmio Cindacta 2000, como melhor conferencista do ano na área aeroespacial. Também foi eleito um dos melhores conferencistas do Congresso Mundial de Marketing e Vendas. Acadêmico eleito para ocupar a 34ª cadeira da Academia Guarulhense de Letras, em 2009. Suas palestras já foram assistidas por mais de 150 mil pessoas no Brasil, Estados Unidos, Peru e outros países da América Latina.

Se você gostou deste Blog, cadastre-se para receber nossas melhores dicas, novidades e sugestões:

Seus dados estão protegidos e não serão fornecidos a terceiros.

Mando-te Boas Vibrações!

LOGOTIPO 002

Como Criar Sua Própria Realidade

Se você acompanha as publicações deste Blog, já sabe que não acreditamos em Deus como um ancião de barba branca que criou o mundo e a humanidade e que vive no céu observando, julgando, protegendo, condenando, recompensando ou castigando os seres humanos de acordo com as leis que ele escreveu em tábuas e foram compiladas em um livro sagrado, como ensinam as religiões. Como foi explicado nos tópicos Flor da Vida e O Significado do Eu Sou, acreditamos que o Criador é a Consciência, uma Fonte de Energia, e todos nós somos extensão desta Fonte, ou seja, somos um com “Deus”, todos somos uma coisa só e não podemos nos separar daquilo que somos, todos nós somos deuses e criadores, pois são nossos pensamentos que criam nossa própria realidade. Isto foi comprovado pela ciência, como mostrei nos tópicos A Física Quântica e o Poder do Pensamento, A Ciência Explica Como Funciona a Lei da Atração, DNA Pode Ser Reprogramado Por Palavras e Frequências e Mude Sua Vibração Para Mudar Sua Vida e como mostra o tópico As Escrituras Ensinam Física Quântica e o Poder do Pensamento, isso foi confirmado pelas chamadas Escrituras Sagradas.

No tópico. O Tempo Certo Para Realizar Seus Sonhos, nós mencionamos as Leis Universais sob as quais tudo o que existe, no Universo, está sujeito. Isso significa que as Leis Universais agem na vida de todo ser humano, mesmo que ele não as conheça ou não acredite nelas. De acordo com Platão, Anima Mundi (do latim “alma do mundo”) é um conceito cosmológico de uma alma compartilhada ou força regente do Universo pelo qual o “pensamento divino” pode se manifestar em leis que afetam a matéria.

Ultimamente, muitos têm falado de seguir o que te faz bem, trabalhar na sua felicidade. Isso é muito bom e é um pensamento agradável, mas a idéia não é deixar apenas como um pensamento, mas sim entender perfeitamente porque isso é necessário e tão crucial.

Da nossa perspectiva, nós explicamos da seguinte maneira:

O que você chama de sensação de alegria, entusiasmo, felicidade e amor, na verdade, é a tradução do seu corpo físico da energia vibratória que representa o seu EU verdadeiro e natural, seu Ser Interior ou Eu Superior, que é o que você realmente é, aquela freqüência é quem você realmente é. Portanto, em qualquer momento que você estiver disposto (a) a AGIR em coisas que contém altos níveis de emoção, o mais alto nível de alegria, felicidade, paz, paixão ou amor, cada vez que você age em qualquer dessas emoções que contém essa energia, você está apontando para o norte, para a sua freqüência específica, a freqüência que foi criada, que te permite criar sua vida, sua realidade, seu futuro junto com o caminho de menos resistência.

Por isso é tão importante agir em coisas que contêm a maior quantidade de felicidade, em qualquer momento, sem expectativas e com toda a integridade, pois você está em maior alinhamento com seu verdadeiro EU e isso vai permitir a sincronicidade na sua vida refletir de volta para você a idéia de todas as coisas que representam quem você realmente é e permite que você tenha uma experiência com você mesmo (a) como a criatura perfeita que você foi feito (a)para ser.

Através desta atitude, dia após dia, no seu ritmo, você vai começar a lembrar quem você realmente é. Você não vai mais ser consciência compartimentada, desfragmentada, mas você irá para a idéia de, literalmente, reencontrar você mesmo (a) e relembrar quem você é de verdade, então, você vai acordar como você realmente é e vai realmente entender como a criação realmente funciona, você vai realmente entender o princípio no qual a criação é baseada e vai ver que, mesmo que isso possa lhe parecer muito complexo ou complicado, o mecanismo fundamental do processo de criar sua realidade é muito simples.

Todos os níveis de complicação sempre vêm de uma única coisa: Uma crença limitante ou uma definição que está fora do alinhamento com seu verdadeiro EU. E a única forma que você pode segurar uma crença ou uma definição de vida que está fora de alinhamento com o seu verdadeiro EU é se esta crença ou definição é INCONSCIENTE, mas assim que você identificar conscientemente esta crença ou definição que está fora de alinhamento com seu verdadeiro EU, você vai perceber uma coisa que é muito importante:

Toda e qualquer crença que está fora de alinhamento com seu verdadeiro EU, quando é produzida na verdadeira consciência, vai automaticamente e imediatamente parecer sem sentido, ilógico, não vai servir para a pessoa que você é, não vai mais fazer sentido você continuar com esta crença, você vai ver que isso pertence a outra pessoa. Você vai ver que foi induzido (a) a pensar assim e que esse pensamento não é seu. Talvez seja de seus pais, dos seus professores, do seu líder religioso, dos seus amigos, das pessoas que você ama, da sua sociedade…

Entretanto, assim que você ligar a luz da sua verdadeira consciência em uma crença, definição ou pensamento que está fora de alinhamento com seu verdadeiro EU, você vai ver que não faz mais sentido mantê-lo.

Agora, se você continuar com isso por mais tempo do que aquele momento de reconhecimento, você pode se perguntar conscientemente por que continuar com algo que você sabe que está fora de alinhamento e é ilógico e não faz sentido para quem você sabe que realmente é. E quando você faz essas perguntas, você está em total controle de mudar sua realidade e de quem você realmente é.

Enquanto você continua acreditando em algo que você sabe que já não serve mais para você, é preciso formar outra crença, uma crença INCONSCIENTE, uma razão inconsciente para que você acredite que vale a pena continuar acreditando. E, novamente, você pode utilizar as mesmas idéias para descobrir o que aquela crença é.

Continue assim até você criar raízes e trazer isso para a mente consciente e permitir que a crença fundamental que está fora de alinhamento vire fumaça, seja dissipada e desapareça porque ela é somente fumaça e espelho. A sua realidade física é apenas uma ilusão, mas a experiência disso é verdadeira. A única coisa que é verdadeira é a sua experiência, o aprendizado que você tira disso.

A realidade física, isso que você tem em volta está acontecendo somente na sua cabeça. É como um espelho. Se você se olhar no espelho e, no reflexo, a expressão no seu rosto estiver triste, você não vai tocar no espelho e tentar fazer o reflexo mudar para um sorriso. Você não pode manipular sua realidade física porque é apenas um reflexo, não tem nada lá. Mas no momento em que você decide sorrir, o reflexo não tem escolha a não ser sorrir também.

Toda dificuldade, complicação, dor e sofrimento que você tem experimentado no plano material vem das suas tentativas de mudar o reflexo do espelho ao invés de mudar a si mesmo (a). É só isso que você precisa.

Para muitas pessoas, isso não é tão fácil assim, mas tudo bem. Isso só significa que elas têm um sistema de crença. Apenas crença… É isso que estamos tentando dizer aqui.

No tópico 7 Técnicas de Limpeza 2 – Questione Suas Crenças, eu mostrei o método de limpeza de Joe Vitale para eliminar as crenças limitantes. O primeiro passo é identificá-las. O segundo passo é questioná-las, pois quando você questiona, percebe que aquilo em que você sempre acreditou não é um fato e sim uma crença negativa, então, você deixa de acreditar. Deixando de acreditar, você se liberta das crenças. A solução é basicamente esta.

Qualquer grau de dificuldade, dor e sofrimento que você esteja experimentando é porque, na verdade, não é dificuldade herdada acumulada para a criação. Tudo isso vem apenas da perspectiva que é criada pelo sistema de crença no seu subconsciente.

Você quer criar uma nova realidade, quer que seus desejos se manifestem no plano material, mas dificuldade não é a visão da criação. Criação e manifestação são coisas automáticas. É imediato. Todos nós fazemos isso o tempo todo. O que nós pensamos, sentimos e fazemos (mesmo que involuntariamente, sem deliberar) se manifesta no plano material e torna-se realidade. E se você não tivesse manifestando o tempo todo, você não precisaria ter a experiência de uma realidade!

Você não precisa aprender como manifestar, como confiar na idéia ou como fazer isso mais rápido. Você já está fazendo isso automaticamente, da maneira mais rápida que pode.

A questão é: O que você está manifestando baseado no que você acredita ser possível?

O objetivo deste Blog é lhe ajudar no seu desenvolvimento pessoal para melhorar sua qualidade de vida e lhe auxiliar na sua evolução, na expansão da consciência. Não estou aqui para fazer escolhas por você, não estou aqui para lhe impor minhas idéias e dizer o caminho que você deve seguir. Eu não tenho as respostas. Eu tenho as perguntas certas.

Você sempre acredita que alguma coisa é verdade e é isso que cria a manifestação que você experimenta. Então, a pergunta é:

O que você acredita ser verdade?

Essa é a única pergunta que determina o que você experimenta na sua realidade. Porque você nasceu para ser criador (a) automático, manifestador (a) automático. É isso que significa quando dizem que somos criados à imagem de Deus. Você é um (a) co-criador (a).

Deus é como um oceano e nós somos como as gotas. O oceano é formado de gotas. Eu + você + toda a humanidade = Deus. Todos somos UM. O que eu crio + o que você cria + o que toda a humanidade cria = Criação. O que eu realmente sou + o que você realmente é + o que toda a humanidade realmente é = Consciência Suprema, Consciência Coletiva, Fonte de Energia ou o que os religiosos chamam de Deus Todo Poderoso.

Você é expressão do que está co-criando, então, não precisa aprender como fazer isso, não precisa aprender a acreditar ou como fazer isso rápido porque você sempre acredita que alguma coisa é verdade e sempre manifesta algo porque todas essas coisas são automáticas.

Tudo simplesmente se resume à: O que você acredita que é verdade?

Então, quando você tem dificuldade, quando você precisa lutar para fazer uma mudança é porque o seu mecanismo de motivação é ter anexado uma crença que não está alinhada com o seu verdadeiro EU.

Todos nós, sem exceção, temos o mesmo mecanismo de motivação, só temos um. Isto é o que motiva todo mundo. As pessoas sempre vão na direção em que elas acreditam que tem mais benefício. Você sempre vai se colocar na direção contrária do que você acredita ser mais doloroso.

Isso deve te dizer muita coisa porque, se você se encontra constantemente fazendo escolhas que você sabe que são mais dolorosas, basta você perguntar a si mesmo (a) por que continua escolhendo algo que você sabe que é mais difícil, mas sacrificante ou mais doloroso do que você gostaria. Esta é uma boa pergunta. E a resposta é:

A única razão pela qual isso acontece é que aquilo é tão bom que vale a pena agir, mudar, arriscar, e você prefere seguir nesta direção do que continuar onde está. Mas deve ter algum pensamento inconsciente anexado àquilo que você diz ser a coisa que mais te emociona ou a coisa mais importante que, por alguma razão, está fazendo com que aquilo pareça mais doloroso do que realmente é.

Crença não é fato! Fato é algo mensurável com o qual todos nós concordamos, algo que a ciência comprova que é verdade e todos nós podemos olhar para a mesma coisa e concordar. Crença é algo que podemos questionar e mudar.

Você precisa descobrir qual é a crença que te leva a acreditar que sua felicidade parece ser mais dolorosa do que continuar como está agora. No tópico 7 Técnicas de Limpeza 2 – Questione Suas Crenças, nós mostramos que o primeiro passo para se libertar das crenças limitantes é identificá-las e o segundo passo é questioná-las, pois quando você questiona, percebe que aquilo em que você sempre acreditou não é um fato e sim uma crença negativa, então, você deixa de acreditar. Deixando de acreditar, você elimina e se liberta das crenças. Esse é o mecanismo que funciona para todos, não importa quem.

Por exemplo: Muitas pessoas querem atrair riqueza material e abundância, mas ao mesmo tempo, elas têm um pensamento inconsciente de que se elas atraírem certa quantidade de riqueza, elas vão, de alguma forma, parecer negativas para a sociedade. E elas não querem se sobressair de uma forma negativa. Para elas, é mais importante levar uma vida medíocre e não se sobressaírem de uma forma negativa do que atrair abundância. Enquanto elas tiverem um pensamento inconsciente de que ser abundante é se sobressair de forma negativa e que isso é mais importante, elas vão fazer de tudo para não atrair abundância. Mas quando elas reconhecem que tem esse pensamento anexado ao mecanismo de motivação, elas percebem que não faz sentido acreditar nisso, percebem que esse pensamento não é delas, talvez tenha vindo de seus pais, talvez seus pais acreditassem nisso e tenham passado para elas enquanto as criavam, mas agora elas passam a ver claramente que elas podem ser abundantes e, ao mesmo tempo, ser uma boa pessoa, então, não faz sentido não querer atrair riqueza e abundância para não ter uma personalidade negativa.

Identificar a crença vai te mostrar que ela é ilógica, incoerente e sem sentido. E uma vez que você identifica, o próprio ato de identificar te liberta dela porque você precisa redefinir de modo que funcione para você.

Por exemplo: Muitas pessoas definem o hábito como algo que é difícil de mudar. Isso é apenas uma definição. Da nossa perspectiva, um hábito é algo que você faz sem saber o que está fazendo. Uma vez que você sabe o que está fazendo e continua fazendo, não é mais um hábito, é uma ESCOLHA. Agora que você sabe disso, você pode fazer alguma coisa para mudar.

Se você está acostumado (a) com uma idéia que ainda é habitual, você não tem poder sobre isso porque ainda está inconsciente. Mas quando você descobre que isso é uma escolha, você pode fazer a si mesmo (a) a pergunta fundamental:

“Isso que acredito ser verdade é realmente um fato ou é apenas uma crença?”

Quando você começar a examinar e explorar isso, uma grande luz virá para a sincronicidade em sua vida. Então, permita a oportunidade de reconhecer que você pode mudar a definição das coisas de uma forma que funciona para você.

Todas as coisas têm a habilidade de dupla função.

Nada, na vida, tem sentido. Na verdade, a vida não tem sentido mesmo. Eu sei que isso parece estranho para você, mas o que eu quero dizer com isso é que não existe um sentido anexado à vida. É VOCÊ QUEM TEM QUE DAR SENTIDO À VIDA, mas o sentido que você dá, afeta o que você recebe dela. O efeito que você recebe dela é totalmente baseado em como você define sua realidade.

Isso é o que você reconhece como Lei da Atração. O que você emite (pensa, sente, acredita e fala) é o que você atrai; o que você transmite é o que você recebe. É simples assim. É como você define seu mundo, sua realidade e sua relação com isso. Tudo é baseado nisso. Simples assim!

Você não é obrigado (a) a acreditar que é simples assim. Esta é uma escolha sua. Se você quiser fazer as coisas mais complicadas, elas realmente serão, você não será poupado (a) disso porque a escolha é sua. Esse é o seu caminho e, se você preferir fazer assim, sua escolha será abençoada. No entanto, nós estamos aqui simplesmente para lhe dizer que não precisa ser assim e que está tudo em suas mãos para determinar o que é que você vai experimentar em cada aspecto da sua vida.

COMO CRIAR SUA PRÓPRIA REALIDADE

Você cria a sua própria realidade e o faz porque os pensamentos que você está pensando fazem com que você emane uma frequência vibracional à qual a Lei da Atração está respondendo constantemente. E, assim, em todos os momentos de vigília, você está criando seu próprio ponto de atração e tudo o que você vivencia está vindo para você por causa de sua emanação vibracional e a resposta da Lei da Atração a essa vibração. É como se você estivesse de pé sobre um tipo de disco vibracional e apenas as coisas de mesma vibração podem se juntar a você em seu disco. Seu disco muda dependendo dos pensamentos que você está pensando e das emoções que você está sentindo.

Você pode continuar duvidando, pensando negativo, sentindo emoções negativas, tentando conseguir as coisas com muita luta, sacrifício, esforço, dificuldade e sofrimento, pode até desistir e continuar insatisfeito, infeliz ou você pode acreditar, pensar positivo, sentir emoções positivas, conseguir as coisas com facilidade, alegria e prazer e ter a vida que sempre quis, ser plenamente feliz e satisfeito (a).

A escolha é sua!

A lei da mente é implacável.

O que você pensa, você cria;

O que você sente, você atrai;

O que você acredita torna-se realidade.

Texto: Gizeli Ribeiro

Créditos:

Bashar

Abraham

Se você gostou deste Blog, cadastre-se para receber nossas melhores dicas, novidades e sugestões:

Seus dados estão protegidos e não serão fornecidos a terceiros.

Mando-te Boas Vibrações!

LOGOTIPO 002

NASA Reconhece a Existência de Alienígenas e Prepara Astronautas Para Conversar Com Eles

Após reconhecer a existência de alienígenas, a NASA resolveu preparar astronautas para conversar com os extraterrestres.

De acordo com um cálculo elaborado por especialistas da NASA, existem 100 milhões de planetas, em nossa galáxia, que poderiam abrigar alguma forma de vida inteligente.

Durante a  última conferência na sede de Washington, representantes da NASA revelaram um plano para procurar vida extraterrestre com a ajuda da última tecnologia em telescópios.

Matt Mountain (Diretor do Instituto de Ciências Telescópicas Espacias de Baltimore e um dos cientistas que preparam o lançamento do telescópio espacial James Webb, em 2018) afirma que, dos milhões de planetas da nossa galáxia, 10% a 20% são do tamanho da Terra, orbitam estrelas e se encontram na zona habitável.

O astronauta Kevin Hand afirma que está no nosso alcance chegar a uma descoberta que vai mudar o mundo para sempre e que, dentro de 20 anos, descobriremos que não estamos sozinhos no universo. Ele acredita que Europa (um dos satélites de Júpiter) pode abrigar vida.

A NASA reconhece as evidências da presença de alienígenas na Terra.

No final do tópico “Flor da Vida”, mostrei alguns Agroglifos (Círculos das Colheitas ou Crop Circles). Cientistas reconheceram que aproximadamente 20% deles são legítimos, pois não é possível identificar nenhum tipo de intervenção humana.

Em outubro de 2014, foram registradas imagens de Agroglifos no Brasil. Pelo sétimo ano consecutivo, o fenômeno se repete em Ipuaçu – SC, deixando absolutamente clara sua natureza não humana e inteligente. O perito do Instituto de Criminalística do Paraná afirmou que as imagens são legítimas.

A imagem abaixo foi registrada em Ipuaçu, em 2013:

AGROGLIFOS EM IPUAÇU - SC 2013

A NASA acredita que esses desenhos são feitos por alienígenas como preparação para um futuro contato e explora maneiras de compreender a cultura extraterrestre por contato sonoro, visual, ondas magnéticas, símbolos e elementos matemáticos.

A Agência Espacial Americana ainda insinua que os astronautas já estariam recebendo treinamento para estas formas de comunicação.

Esta é a segunda vez que a NASA fala em vida inteligente fora do nosso planeta. Para a Agência Espacial Americana, esta hipótese será confirmada em 20 anos.

O contato pode estar mais próximo do que se imagina. Em outubro de 2014, a imagem de um objeto não identificado na órbita da Terra foi registrada pela câmera acoplada ISS, a estação espacial internacional que faz transmissão ao vivo no site da NASA. Diante dos questionamentos, a Agência Americana desligou a câmera por algumas horas.

Veja a seguir a matéria do Jornal da Cultura (TV Cultura), com a repórter Laís Duarte:

Texto: Gizeli Ribeiro

Fonte: RT

Ajude a manter este Blog depositando qualquer valor na Caixa Econômica Federal, Agência 0224, Conta 01300199851-0, Operação 013. Desde já, agradecemos o seu apoio.

Mando-te Boas Vibrações!

LOGOTIPO 002